CÓPIA PROIBIDA

CONTEÚDO PROTEGIDO PELA LEI DE DIREITOS AUTORAIS

EsporteSUL - O esporte daqui é aqui www.esportesul.comFacebookInstagramTwitter

Nos Estados Unidos, santa-mariense fatura ouro no Washington DC Spring Open de Jiu-Jitsu

[CONTROLACONTEUDO]

O faixa marrom santa-mariense Thiago Saldanha incluiu mais uma medalha dourada à sua extensa coleção de premiações, a quarta da temporada 2019. Depois de vencer as disputas com e sem kimono no Curitiba Summer International Open, da CBJJ, realizado na capital paranaense, em fevereiro, além da prata no Absoluto sem kimono, e o ouro na categoria no Sul-Brasileiro em Florianópolis, o atleta que atualmente defende a Ryan Gracie (SP) e que iniciou o ano competindo no  Campeonato Europeu de Jiu-Jitsu, da International Brazilian Jiu-Jitsu Federation (IBJJF) em Lisboa, Portugal, garantiu no último domingo (07/04), o título da categoria adulto/pesado no Washington DC Spring Open, da IBJJF, realizado na capital norte-americana.

Nos Estados Unidos desde o dia 25 de março para período de três semanas, o santa-mariense de 26 anos, que desembarcou na América do Norte junto a seu professor Alexandre Henrique "Mestrinho", ainda encara o Boston Spring Open, que acontece no próximo sábado (13/04), antes de retornar à capital paulista.

A convite de seu outro mentor da Ryan Gracie, Fábio Medeiros, além de treinar na sede da equipe de Medeiros, em Newark, Saldanha já participou de seminários na Strategic MMA, em Sayreville, e na Renzo Gracie, em Cresskill, ambas no estado de Nova Jersey.

[vc_row][vc_column][mk_image src="http://esportesul.com/wp-content/uploads/2019/04/saldanha-.jpg" image_size="full" desc="Thiago Saldanha passou por duas lutas para chegar à conquista em Washington. Foto: Arquivo pessoal "][/vc_column][/vc_row]

Criado na Thork Jiu Jitsu, Thiago deixou Santa Maria ainda como faixa roxa em 2017 para tentar viver do esporte na maior cidade da América Latina. Em pouco mais de um ano com a faixa marrom, Alemão, como é chamado pelos amigos em sua cidade natal, faturou um ouro e uma prata no Campeonato Paulista, foi vice-campeão do Gracie Pro Rio de Janeiro, bronze no Rio Open, bronze no BJJ Pro e ainda vice no Campeonato Mundial chancelado pela Confederação Brasileira de Jiu-Jitsu Esportivo (CBJJE), além de vice-campeão na categoria Adulto/Meio Pesado pelo Curitiba Spring International Open, e ouro na categoria e prata no absoluto no Sul Americano Open chancelado pela Sport Jiu-Jitsu South American Federation (SJJSAF), até o final de 2018.

s2Member®