Renato Medeiros vence uruguaio e conquista cinturão sul-americano do Forja dos Campeões

Renato Medeiros vence uruguaio e conquista cinturão sul-americano do Forja dos Campeões – EsporteSUL

Para continuar lendo, identifique-se com nome e email.

A Sparta Fight Club voltou a fazer história no Forja dos Campeões, em Panambi, e mais uma vez foi escrita pelo santa-mariense Renato Medeiros.

Oito meses após conquistar o cinturão na Cidade das Maquinas e que foi também o seu retorno aos combates oficiais, o lutador retornou ao ringe do norte do estado no último sábado (06/04) para fazer o “main-event” da edição chamada de South American Championships, por reunir alguns dos principais nomes do K1 Amador e Profissional do Brasil, Uruguai e Argentina.

E diante do uruguaio Roberto Cardozo “El Boika”, da Calavera Crew, de Montevidéu, Renato voltou a confirmar todo seu talento, força e resistência para aumentar a série invicta de seu cartel.

Após dominar as ações nos cinco rounds do confronto, o pupilo do mestre Diones Silva garantiu a vitória por decisão unanime e assim trouxe para Santa Maria o cinturão de campeão sul-americano no K1 Profissional até 82kg. Agora Renato Medeiros contabiliza onze lutas e onze vitórias em sua carreira.

– Quero agradecer primeiramente a Deus, aos meus professores, sensei Diones e sensei Alan, a minha equipe que esteve comigo em todos os momentos, aos meus pastores Ederson e Rute, toda a liderança, os que congregam na igreja viva para Cristo, meus amigos, minha família o mestre Vercely Barrios. Todos foram fundamentais para este título vir pra o Brasil. – diz Renato Medeiros, que também comentou sobre o combate:

– A luta foi estilo Rock Balboa, no final com coração na ponta da luva. Adversário duríssimo, muito forte, bruto e duro na queda, mas graças a Deus pelo nosso trabalho que viemos fazendo mais uma vez nos sobressaímos com muita garra e força.

Renato Medeiros conquistou a vitória mais expressiva da sua carreira neste último sábado. (Foto: Clube da Luta Panambi/Divulgação)

Já os demais atletas da Sparta Fight Club que integraram o card do Forja dos Campeões e estreavam em eventos oficiais foram todos superados em seus desafios.

Mariana dos Santos perdeu para Eugenia de Sousa, da Sparta Team, do Uruguai, Isac “Spartano” para Elias Del Castillo, da León de Judá, também do Uruguai, Dieferson Spindola foi superado pelo argentino Ronal de Moura, da Team Theo, e Dionatan Rocha por Fabiano Amaral, do Clube da Luta, de Panambi.