CÓPIA PROIBIDA

CONTEÚDO PROTEGIDO PELA LEI DE DIREITOS AUTORAIS

EsporteSUL - O esporte daqui é aqui www.esportesul.comFacebookInstagramTwitter

Santa-mariense conquista acesso para o Gauchão com o Ypiranga

[CONTROLACONTEUDO]

[vc_facebook type="standard"]

O Ypiranga está de volta à elite estadual. Rebaixado em 2017, a equipe de Erechim superou na noite desta última quarta-feira (08/05) no tempo normal e nas penalidades o Glória, em pelo Estádio Altos da Glória, em Vacaria, e garantiu a primeira vaga na final da Divisão de Acesso 2019 e consequentemente uma vaga no Campeonato Gaúcho de 2020. Uma conquista que contou como um santa-mariense já afirmado como um dos grandes jogadores do estado e que vai se tornando também uma espécie de amuleto na busca pelo sonhado acesso.

Aos 30 anos de idade, sendo os últimos sete deles atuando na primeira divisão com as camisas do Cruzeiro e Pelotas, o volante Reinaldo comemorou com o Ypiranga o seu terceiro acesso consecutivo na carreira.

Em 2017 o jogador ajudou o Avenida, de Santa Cruz do Sul, a ser campeão da Divisão de Acesso e retornar ao grupo dos grandes do estado. Já em 2018 uma lesão o afastou das partidas decisivas, mas também integrou o elenco do Pelotas campeão da segunda divisão.

- Meu terceiro acesso seguido. Conseguimos esse acesso tão sonhado pelo Ypiranga. É uma felicidade enorme colocar esse time, que merece, na Série A do Gauchão. Tinha um pré-contrato com o Ypiranga desde o Gauchão, fui emprestado ao Pelotas e depois vim para cá jogar os jogos finais da Divisão de Acesso e ainda peguei alguns jogos da primeira fase. Antes estava acompanhando de longe e via as dificuldades que a equipe estava passando. Muitas vezes o grupo foi contestado, muita gente falando mal. Fui sofrendo junto. Conhecia alguns jogadores que estavam aqui, sabia da qualidade do grupo e não entendia o porque de não dar resultado. No momento que cheguei nos mobilizamos, a chegada do Fabiano Daitx também foi importante, deu um ânimo a mais. Conseguimos nos classificar, fomos pegando confiança pouco a pouco e conseguimos chegar nesta reta final com um grupo qualificado para conseguir este acesso. É uma vitória muito grande para o clube. Já merecia estar na Série A pela direção que tem, pelo plantel que tem e pela estrutura que dá para trabalharmos no dia a dia. - diz o volante santa-mariense.

[vc_row][vc_column][mk_image src="http://esportesul.com/wp-content/uploads/2019/05/Reinaldo-Ypiranga-Foto-Lenita-Maraschin.jpg" image_size="full" desc="Reinaldo conquistou o seu terceiro acesso consecutivo para a primeira divisão gaúcha com o Ypiranga. (Foto: Lenita Maraschin Fotografia)"][/vc_column][/vc_row]

E a partida que carimbou o passaporte do Canarinho para o Gauchão 2020 contou com todos ingredientes das grandes decisões. Depois de perder o duelo de ida da semifinal no Estádio Colosso da Lagoa por 1 a 0, o Ypiranga devolveu o mesmo placar no tempo normal da partida de volta, em Vacaria, nesta última quarta, e levou a definição da vaga na final e acesso para as penalidades. Nas cobranças o Ypiranga foi mais eficiente, marcou quatro vezes contra duas do Glória.

- Foi um jogo (contra o Glória) como na decisão das quartas de final, contra o São Paulo-RG (também vencido nos pênaltis). Largamos com um resultado não muito bom em casa, eles saíram daqui comemorando, achando que estaria tudo decidido pelo fato de jogarem em casa o segundo jogo. Usamos um pouco disso para ganharmos mais força e mexer um pouco com nosso grupo, que é experiente e acostumado com essas situações. Chegamos lá (Vacaria) com a intenção de reverter esse resultado o mais rápido possível e aos dois minutos já conseguimos desfazer essa vantagem que eles tinham. Conseguimos levar aos pênaltis, onde valeu a frieza de cada um. Temos que agradecer a Deus e também ao grupo do Ypiranga que foi guerreiro. Ninguém cogitava o Ypiranga na Série A e conseguimos um excelente resultado. É uma sensação de dever cumprido e agora vamos em busca do título. - conta Reinaldo, que estava escalado para bater o quinto e decisivo pênalti.

Vale destacar que junto com o santa-mariense também participaram do acesso com o Ypiranga outros profissionais com passagem pelo Coração do Rio Grande, seja por Inter-SM ou Riograndense: são eles: o goleiro Allan, o lateral Ronaldinho Gramadense, o zagueiro Wagão, os atacantes Marco Antônio e Jackson e ainda o gerente executivo de futebol Renan Mobarack.

Agora o Canarinho de Reinaldo aguarda a definição da outra semifinal entre Esportivo e Guarani-VA para conhecer o seu adversário na final da Divisão de Acesso. No confronto de ida o Esportivo levou a melhor por 1 a 0 em Venâncio Aires e joga por um empate no próximo domingo na Montanha dos Vinhedos para confirmar a vaga.

Já antes da decisão estadual o Ypiranga volta a campo pela Série C do Brasileirão, neste domingo, no clássico gaúcho contra o São José pelo Grupo A da competição.

- Vamos atrás de uma sequência boa na Série C para quem sabe também sonhar com um acesso para a Série B do Brasileirão. - finaliza Reinaldo.

s2Member®