CÓPIA PROIBIDA

CONTEÚDO PROTEGIDO PELA LEI DE DIREITOS AUTORAIS

EsporteSUL - O esporte daqui é aqui www.esportesul.comFacebookInstagramTwitter

UFSM vence mais uma, a sexta consecutiva e segue na liderança do grupo A na Ouro

O feriado desta quinta-feira no CDM foi movimentado. E a briga pelo primeiro lugar na Chave A da Série Ouro também. À tarde, se a partida entre União Independente e Assoeva tivesse um vencedor, a UFSM perderia a liderança e teria que lutar no jogo da noite para recuperá-la. E foi o que aconteceu. O União venceu, assumiu a liderança (nos critérios de desempate) por algumas horas, e a Federal teve que suar muito para superar a outra equipe universitária do campeonato (Paulista/UFPel, de Pelotas) e recuperar a posição mais alta na tabela de classificação. Após abrir 2x0 logo no início, a UFSM permitiu que o adversário empatasse duas vezes, mas, nos minutos finais, conseguiu marcar dois gols e confirmar a vitória por 5x3.

Com o resultado, o time universitário chegou a 18 pontos e seis vitórias seguidas, além de manter os 100% de aproveitamento jogando em Santa Maria. Neste sábado, o elenco viaja até Vale Verde, onde encara a ASSAF, de Santa Cruz do Sul, atual terceira colocada com 14 pontos. Um empate garante para a Federal a liderança do 1º turno, mesmo que dividida, pois ainda poderia ser alcançada pela Assoeva (que tem 13 pontos e duas partidas atrasadas, contra Paulista e La Máquina). Além de todos os desfalques por lesão, o time de Santa Maria não poderá contar com o ala Bernardo, que recebeu o terceiro cartão amarelo na partida de ontem.

Para o fixo Guinho, autor de dois gols de tiro livre sem barreira na partida de ontem e eleito o melhor em quadra da equipe, o resultado premia o trabalho e a dedicação do grupo no dia a dia.

- Na nossa casa, temos sempre que buscar os três pontos, pois dá tranquilidade para jogar fora de casa, sem pressão por resultado. Vamos viajar no fim de semana com vontade de vencer novamente, pois poderemos iniciar o 2º turno com mais tranquilidade para buscar nosso objetivo, que é a classificação. - acrescentou ele. Guinho também comentou sobre os gols de tiro livre (ele tem quatro gols nesse tipo de cobrança no campeonato) e afirmou que desde as categorias de base treina e costuma fazer esse tipo de cobrança. E finalizou dizendo que "bola parada também ganha jogo", como vimos na partida desta quinta-feira no CDM.

O jogo

O início de jogo da UFSM foi fulminante. Com muita intensidade, o time santa-mariense dominou as primeiras ações da partida. No primeiro minuto, Léo Rudek roubou a bola e avançou com liberdade. Ele tentou uma cavadinha, mas Nicão foi esperto e espalmou. Aos 2 min 15s, Léo Rudek fez jogada pela ala direita e concluiu. Nicão espalmou e Farias pegou o rebote para abrir o placar: UFSM 1x0. Aos 3 min, Silvan roubou a bola na quadra defensiva e avançou pela ala esquerda. Ele chutou cruzado, o goleiro só observou e a bola acabou entrando próximo da trave oposta: UFSM 2x0.

A partir daí o jogo ficou um pouco morno, com a UFSM controlando a posse de bola, fazendo o tempo passar. Mas o Paulista mostrou que a partida não estava definida e empatou o jogo em um intervalo de um minuto. Aos 11 min 25s, Willian fintou o marcador e saiu cara a cara com o goleiro Carlson, que chegou a tocar na bola, mas não evitou o gol: UFSM 2x1. Exatamente um minuto depois, Bochinha cobrou falta frontal e acertou o ângulo: 2x2.

Aos 13 min, Léo Rudek apareceu novamente. Ele aproveitou um erro de passe do time pelotense e tentou concluir no ângulo, errando o alvo. Aos 16 min 44s, o Paulista cometeu sua sexta falta. Guinho cobrou o tiro livre sem barreira, marcado bem próximo à linha da área, sem chances para o goleiro, acertando o ângulo: UFSM 3x2. Aos 18 min, o Paulista respondeu em cobrança de escanteio. A bola foi rolada para Renan, que concluiu rasteiro e obrigou Carlson a espalmar pela linha de fundo.

Na segunda etapa, foram os visitantes que levaram perigo primeiro. Após erro de passe do time da casa, Willian concluiu e Carlson espalmou. Trinta segundos depois, Giovane pisou para Guinho, que concluiu em cima de Nicão. Aos 4 min 12s, Renan foi expulso após receber o segundo cartão amarelo. Era a chance que a UFSM tinha para ampliar. Duas oportunidades apareceram nos pés de Tito. Aos 5 min, ele tentou chute cruzado para a segunda trave, mas o goleiro afastou com o pé, evitando que a bola chegasse no atacante. Um minuto depois, Tito arriscou chute frontal, que parou na trave. A bola voltou e bateu no peito de Bernardo, que não conseguiu concluir. No retorno do quinto jogador, o Paulista puxou contra-ataque com Rangel. Ele ficou cara a cara com Carlson, que fechou o ângulo de chute.

Aos 8 min, Léo Rudek recebeu lançamento de Bernardo e Nicão salvou o Paulista. Aos 10 min, Fabio recebeu passe de Bernardo e limpou a jogada, mas concluiu para fora. Aos 13 min 10s, o Paulista chegou novamente ao empate. Em cobrança de pênalti, Bochinha cobrou rasteiro e a bola passou por baixo do goleiro: 3x3. Pouco depois, Bernardo fez jogada individual, passou por dois adversários e concluiu, para outra defesa de Nicão.

Aos 14 min 26s, a UFSM teve mais um tiro livre sem barreira para cobrar. Guinho teve a responsabilidade de colocar a Federal em vantagem mais uma vez e não desperdiçou. Ele chutou colocado, próximo da trave e fez: UFSM 4x3. Aos 16 min, em outro tiro livre sem barreira, Guinho trocou de lado e acabou acertando a trave. Nos últimos quatro minutos, o Paulista procurou atacar com goleiro-linha em busca do empate. Mas em uma bola recuperada pela UFSM aos 17 min 17s, Farias concluiu da própria área, aproveitando que o gol estava vazio, e ampliou, determinando o placar final da partida: UFSM 5x3 Paulista/UFPel.

Ficha técnica:

UFSM - Carlson, Farias, Giovane, Léo Rudek, Silvan, Rafael Vermelho, Vini, Guinho, Bernardo, Fabio, Thales, Scalcon, Tito e Vitão. T.: Gabriel Pranke.

Paulista - Nicão, Artur, Bochinha, Renan, Willian, Coutinho, Bruno, Diegão, Felipe Costa, Schuch, Léo, Tessmer, Rangel e Sérgio. T.: Felipe Bilhalva.

Gols: Farias (2 min 15s do 1T - U), Silvan (3 min do 1T - U), Willian (11 min 25s do 1T - P), Bochinha (12 min 25s do 1T - P), Guinho (16 min 44s do 1T - U), Bochinha (13 min 10s do 2T - P), Guinho (14 min 26s do 2T - U) e Farias (17 min 17s do 2T - U).

Arbitragem: Rafael Moraes Nunes (árbitro principal), Ariel Lopes Hidalgo (árbitro auxiliar), Paulo Daniel Dornelles (anotador) e Luis Cristiano dos Santos (cronometrista).

Cartões amarelos: Guinho, Bernardo (U), Diegão, Tessmer e Bruno (P).

Cartão vermelho: Renan (P).

Ginásio: Centro Desportivo Municipal (CDM).

Público pagante: 199 pessoas.

Público total: 227 pessoas.

Jogos da rodada/atrasados:

UFSM 5x3 Paulista/UFPel

União Independente 2x1 Assoeva

9ª rodada - 22 de junho:
ASSAF x UFSM
União Independente x São José
La Máquina x ARE
Paulista/UFPel x Palmeiras.

* Via Assessoria UFSM Futsal (Saul Pranke).

s2Member®