CÓPIA PROIBIDA

CONTEÚDO PROTEGIDO PELA LEI DE DIREITOS AUTORAIS

EsporteSUL - O esporte daqui é aqui www.esportesul.comFacebookInstagramTwitter

UFSM vence Real Itaqui fora de casa pela Liga Gaúcha Sub-20

No sábado, dia 6, a UFSM Futsal viajou até a cidade de Itaqui para jogar contra o time da casa, o Real Itaqui. E lá conseguiu a vitória de 4 a 3 em um jogo acirrado até os últimos instantes. A partida, válida pela 5ª rodada da 1ª fase da Liga Gaúcha Sub-20, garantiu mais três pontos na tabela para a Federal.

A conquista da vitória foi importante para o objetivo da equipe, que era fazer nove dos 15 pontos disputados no 1º turno, conforme declaração do técnico Régis Ruiz. Segundo ele, agora haverá novas metas para a segunda parte da 1ª Fase da competição e o time volta a Santa Maria sabendo que no 2º turno pode mais, mas com os “pezinhos no chão”. A respeito das dificuldades encontradas e, em seguida, vencidas, o técnico elencou três fatores: o tamanho da quadra ser menor do que estavam acostumados; o time adversário possuir jogadores interessantes; e as finalizações. Sobre essa última, Ruiz revelou que “o time precisa gostar mais de fazer gols e de ser ‘abraçado’, mas com certeza isso será trabalhado para 2º parte da 1ª fase”.

Para o fixo Fabio, escolhido o melhor em quadra, o que ajudou na vitória foi a superação dos atletas, porque em quadra sempre havia um cobrindo o outro e dando apoio mútuo, além do fato de que cada jogador se entregou ao máximo à partida.

- Nem a distância e nem o frio de Itaqui foram suficientes para parar nosso time. - concluiu o jogador.

Com esse resultado, a UFSM mostrou mais uma vez seu potencial jogando fora de casa e em condições desfavoráveis (nesse caso, o clima frio), estabelecendo-se próxima dos líderes da chave (Atlântico e Carazinho, que se enfrentam no próximo fim de semana em jogo que fecha o primeiro turno). O próximo jogo da Federal é justamente contra o time de Carazinho, na casa do adversário, no dia 21 de julho.

O jogo

Alguns segundos após o juiz apitar o começo da disputa, o fixo Fabio chutou forte para o gol, mas acertou a trave e, logo em seguida, em outra jogada sua, a bola parou na rede lateral da goleira do Real. Já aos 3 min, Itaqui ameaçou marcar, mas a defesa tirou. Depois, um passe de Fabio para o ala Garcia quase faz as redes balançarem, mas foi só um susto para o público itaquiense. Passados 9 min e 03s do jogo, foi a vez do Itaqui atacar, tendo sucesso no lance de Lucas Barboza, resultando no primeiro gol da equipe da casa.

Em seguida, ocorreu umas das defesas mais memoráveis da noite - o goleiro da Federal, Léo Leston, agarrou a bola quando essa estava a milímetros de encostar na rede. Quem assistisse à cena à distância poderia jurar que foi gol. Momentos a seguir, o pivô Deniel aproximou-se da grande área com a intenção de marcar, porém, a marcação adversária o cercou. Quando chegou os 13 min e 10s de partida, o ala Thales tentou empatar, sem sucesso. No final do 1º período, houve vários ataques de ambas as equipes.

Pela UFSM, Fabio chutou a bola alto demais em direção ao gol. Já no caso do Real Itaqui, Nando errou ao calcular o ângulo, chutando a bola para fora. Intervalo e o placar sinalizava: 1 para os locais e 0 para os visitantes.

Iniciou-se um segundo tempo que prometia mais emoções e uma reviravolta ao andamento do jogo. Um dos primeiros lances foi o do goleiro Léo Leston, quando ele debruçou o corpo inteiro para evitar que a bola adentrasse na goleira. Aos 2 min, Thales passou para Fabio, que ficou próximo de acertar o gol adversário. Era visível que o time da Federal estava com um vigor novo. Num escanteio, o ala Andy jogou cruzado para Thales, fazendo o time da casa mobilizar sua defesa.

Em mais um ataque, o gol da UFSM foi evitado por uma inusitada bicicleta do goleiro do Real, em outra defesa memorável. O jogo seguia até que, aos 6 min e 10s, o pivô Enrique Gehm driblou a marcação e fez o aguardado gol do time universitário: 1x1. Na sequência, quando a comemoração da equipe recém havia se encerrado, a UFSM balançou a rede novamente com a jogada de Deniel, apenas 14 segundos depois do primeiro gol. Agora, os santa-marienses estavam com a vantagem no placar (2x1), pressionando o clube local.

Posteriormente, o jogador do Itaqui Veinho cobrou uma falta, mas a bola passou por cima da goleira. Em outro momento da partida, ele concluiu nas mãos do goleiro. Até que, aos 14 min e 23s, conseguiu colocar a igualdade no placar, ficando 2x2. No minuto final da partida, Andy marcou e colocou a UFSM em vantagem faltando 43s. Pouquíssimo tempo depois, Thales aproveitou a linha de gol livre (o goleiro do Real sairia para a entrada do goleiro-linha) e, com tranquilidade, ampliou para 4x2. E faltando 10s para o fim, ainda deu tempo de Capincho descontar: Real Itaqui 3 x 4 UFSM Futsal, placar final. No lance do gol, Léo Leston, goleiro da UFSM, acabou levando uma joelhada no rosto, enquanto tentava a defesa. Ele precisou de atendimento, porque teve um corte no lábio e precisou levar alguns pontos para cessar o sangramento.

Ficha técnica:

Real Itaqui - Vinícius, Lucas Goulart, Nando, Airon, Kelvin, Batata, Gabriel Borges, Capincho, Lucas Barboza, João Pedro, Danilo, Veinho, Maninho e Afonso. T.: Nilson Cesar da Rosa Oliveira.

UFSM - Léo Leston, Dudu, Fabio, Bulsing, Deniel, Thales, Barcellos, Andy, Matias, Garcia, Pedro Modesto, Enrique Gehm, Paniz e Bernardo Boemo. T.: Régis Ruiz.

Gols: Lucas Barboza (9min 03s do 1T - RI), Enrique Gehm (6min 10s do 2T - U), Deniel (6min 40s do 2T - U), Veinho (14min 23s do 2T - RI), Andy (19 min 17s do 2T - U), Thales (19min 35s do 2T - U) e Capincho (19min 50s do 2T - RI).

Arbitragem: Daniel Silva (árbitro principal), Sávio Lopes Padilha (árbitro auxiliar), Franciele Martins dos Anjos (anotadora) e Clóvis Pompeu Silva (cronometrista).

Cartões amarelos: Bulsing e Garcia (UFSM).

Ginásio: Castelão (Itaqui - RS).

Jogos da rodada:

Real Itaqui 3x4 UFSM

Carazinho x Atlântico (transferido para 13 de julho)

AFSJI 12x5 Gaúcho.

* Via Assessoria UFSM Futsal (Gabrielle Pillon).

s2Member®