CÓPIA PROIBIDA

CONTEÚDO PROTEGIDO PELA LEI DE DIREITOS AUTORAIS

EsporteSUL - O esporte daqui é aqui www.esportesul.comFacebookInstagramTwitter

AGT de volta ao Portuários Stadium, em Santos, desta vez pelo Super Girls Muay Thai

Daniela Vargas e Iolanda Garcia estão entre o card principal do maior evento de muay thai feminino do Brasil

As duas principais lutadoras da Associação Guerreiros Thai (AGT) e que novamente também estarão entre as grandes atrações da nona edição do Combat Guerreiros Thai, evento que promete mais uma vez transformar Santa Maria no centro das atenções do muay thai gaúcho, a prodígio Daniela Vargas e a experiente Iolanda Garcia sobem no ringue neste sábado (13/04) para mais uma vez fazerem história para a modalidade do Coração do Rio grande.

Em Santos, litoral de São Paulo, as duas atletas do técnico Carlos Roberto Garda encaram o principal evento exclusivamente feminino da arte marcial tailandesa do Brasil, o Super Girls Muay Thai, justamente no maior espaço dedicado para lutas da modalidade no país, o "sagrado" Portuários Stadium.

Daniela Vargas, que contabiliza em seu cartel onze vitórias e duas derrotas no amador e uma vitória em uma luta como profissional, encara na categoria até 53kg Daiane Pacheco, da Team Nikolai. Já Iolanda Garcia, com experiência além do muay thai no kickboxing e boxe totalizando seis vitórias e cinco derrotas entre as três modalidades, duela contra Bia Ferreira, da PRVT, pela categoria até 57kg.

- Estou bem ansiosa por esta luta. É uma adversária forte e será minha primeira vez nesta categoria (até 57kg). - comenta Iolanda Garcia.

- Não estou bem recuperada da última luta e vamos para acabar com a luta de agora antes do quinto round, já estamos pensando no Combat Guerreiros Thai. Minha adversária é experiente e muito técnica. Estou feliz em estar lutando no maior evento feminino do Brasil. - completa Daniela Vargas.

Vale destacar que a viagem até Santos, assim como todos os deslocamentos envolvendo os atletas da AGT além das divisas estaduais, foi custeada graças ao aporte do PROESP (Programa Municipal de Apoio e Promoção do Esporte), que irá permitir inclusive a equipe bater o recorde de eventos disputados fora do estado em 2019.

s2Member®