CÓPIA PROIBIDA

CONTEÚDO PROTEGIDO PELA LEI DE DIREITOS AUTORAIS

EsporteSUL - O esporte daqui é aqui www.esportesul.comFacebookInstagramTwitter

Em confronto direto por vaga na Libertadores, Inter vence o São Paulo no Beira-Rio

Gol de Rafael Sóbis garantiu os três pontos e a invencibilidade Colorada no Beira-Rio na competição.

(Foto: Ricardo Duarte/Internacional)

A noite deste sábado (07/09) foi de clássico brasileiro no Beira-Rio. Inter e São Paulo se enfrentaram em partida da 18ª rodada do Brasileirão, encerrada com o placar de 1 a 0 para o Colorado, gol de Sobis. Inciado às 19h, o confronto, fundamental na briga pelas primeiras posições da tabela, por envolver sexto (gaúchos) e quarto (paulistas) colocados, foi o último do Clube do Povo em sua casa neste primeiro turno de campeonato, encerrado com invencibilidade no Beira-Rio. Em dez partidas disputadas no Gigante, foram oito vitórias conquistadas, além de dois empates.

Disputada de baixo de intensa chuva, a primeira meia hora de jogo esteve marcada pela aposta, dos dois lados, em jogadas de velocidade. Impecável, o molhado gramado do Gigante facilitou a rápida armação de tabelas. Desta forma, o Inter, que exibia alterações em relação à escalação que venceu o Cruzeiro e avançou à decisão da Copa do Brasil no meio desta semana, reflexo da força do grupo colorado; criou boas oportunidades pelos lados do campo. De sua parte, os adversários apostavam em escapadas pela esquerda, que chegaram a assustar nos movimentos iniciais, mas logo foram neutralizadas.

Já o último terço do primeiro tempo foi de amplo domínio colorado. Muitas foram as finalizações que tiraram tinta da trave, enquanto as que tiveram a direção do gol encontraram um Volpi inspirado e uma zaga bem postada, sem medo de bloquear os arremates. Assim, aos 46 minutos o árbitro encerrou um primeiro tempo zerado.

O Inter manteve a postura ofensiva para a etapa final. Logo aos 3, Rafael Sobis fez grande jogada e mandou por cima. Entre faltas e escanteios, dez minutos se passaram até Wellington Silva exigir novo milagre de Volpi. Exibindo movimentação intensa na linha de frente, o Colorado causava problemas para a zaga adversária, que acumulava cartões. Aos 28, os paulistas cometeram a primeira de suas faltas dentro da área, percebida pelo VAR. Pênalti, que Sobis, enfrentado histórica vítima, converteu sem chances de defesa.

Na frente do placar, o Colorado soube segurar o resultado, exigindo mudança na postura dos visitantes, e, por consequência, apostando em escapadas de velocidade para tentar matar o jogo. As oportunidades até surgiram, principalmente para o Inter, mas nenhuma foi convertida. Após cinco minutos de acréscimos, a partida foi encerrada aos 50, garantindo ao Clube do Povo mais três pontos na tabela.

No próximo domingo (15/09) o Inter enfrenta, às 11h, o Atlético Mineiro, fora de casa, na 19ª e última rodada do primeiro turno. Antes disso, nesta quarta-feira (11/09), o Clube do Povo disputa os 90 minutos iniciais da decisão da Copa do Brasil. O adversário será o Athletico Paranaense, em partida marcada para as 21h, na Arena da Baixada. O duelo de volta acontece na outra quarta, dia 18, no Gigante da Beira-Rio.

Ficha técnica:

Internacional (1): Marcelo Lomba; Heitor, Klaus, Víctor Cuesta, Zeca; Nonato (Neilton), Bruno Silva (Edenilson), Patrick; Parede, Pottker (Wellington Silva), Rafael Sobis. Técnico: Odair Hellmann.

São Paulo (0): Tiago Volpi; Juanfran (Fabinho), Anderson Martins, Arboleda, Reinaldo; Hudson, Tchê Tchê, Vitor Bueno (Igor Vinícius); Liziero (Gabriel), Everton, Raniel. Técnico: Cuca.

Gols: Rafael Sobis, aos 31 minutos do segundo tempo (I).

Cartões amarelos: Bruno Silva (I), Liziero, Hudson, Anderson Martins, Igor Vinícius e Reinaldo (SP)

Arbitragem: Marcelo de Lima Henrique, auxiliado por Luiz Claudio Regazone e Michael Correia. VAR: Carlos Eduardo Nunes Braga. Quarteto do Rio de Janeiro.

Local: Beira-Rio

Público: 16.048. Pagantes: 13.538. Menores: 1.052. Não pagantes: 1.458

Renda: R$631.570,00

Via Assessoria Internacional

s2Member®