CÓPIA PROIBIDA

CONTEÚDO PROTEGIDO PELA LEI DE DIREITOS AUTORAIS

EsporteSUL - O esporte daqui é aqui www.esportesul.comFacebookInstagramTwitter

No detalhe, UFSM perde e deixa escapar a vaga para a semifinal da Série Ouro de futsal

Time universitário encerra temporada com campanha histórica. Foto: Divulgação

Ginásio lotado e clima de decisão. Todos os ingredientes de um grande jogo criaram o ambiente da partida deste sábado (28/09) no CDM. E em quadra, as equipes demonstraram um grande futsal, com as defesas prevalecendo durante boa parte dos 40 minutos. Após o empate no jogo de ida, a equipe vencedora sairia classificada e foi a torcida de Pelotas (cerca de 40 torcedores do Paulista compareceram ao jogo) que comemorou no final. Bielemann marcou o único gol da vitória do Paulista por 1x0 e o goleiro Nikão segurou a vantagem da equipe visitante quando foi exigido.

Na avaliação do ala Tito, eleito o melhor em quadra da Federal, a equipe pecou em alguns detalhes e o time visitante foi muito estratégico.

-Tivemos bastante oportunidades, mas a bola não quis entrar. hoje. - acrescentou.

Enquanto isso, o técnico Gabriel Pranke declarou:

- Foi um jogo muito equilibrado, assim como foram os outros confrontos. Lutamos, brigamos até o final para buscar o placar, mas sabíamos que seria complicado. Tentamos o goleiro-linha ainda, fizemos o que podíamos, mas fica a frustração de saber que poderíamos ter passado.

Sobre a participação na Série Ouro, os dois valorizaram a campanha realizada e os números históricos que o elenco alcançou.

- Foi uma temporada excelente. Surpreendemos todo mundo. Hoje foi no detalhe, Poderíamos ter ido mais longe, mas futsal é isso aí. - afirmou Tito.

Gabriel Pranke considerou o ano fantástico e a campanha da primeira fase extraordinária, principalmente no primeiro turno com as sete vitórias seguidas.

- Levamos muito aprendizado, pois foi a primeira experiência da equipe em mata-mata. Ficamos a um passo da semifinal, apesar de ser um resultado frustrante na noite de hoje, a avaliação do ano foi muito boa. - concluiu o treinador, destacando que a equipe ainda irá jogar a Copa RS na sequência da temporada.

O jogo

Desde o início, a partida foi muito amarrada e extremamente equilibrada, repetindo o panorama da partida de ida em Pelotas. E como, estava difícil de furar as defesas montadas pelos treinadores, Bielemann encontrou um jeito de chegar às redes: ele concluiu da sua quadra, aproveitando que o goleiro estava adiantado, e abriu o placar. Eram 6 min e 50s de jogo. Menos de um minuto depois, William Quevedo tentou passar para Bochinha, mas Bernardo interceptou o passe dentro da área. No contra-ataque logo na sequência, Tito ajeitou para Léo Rudek, que concluiu no peito de Nikão.

Aos 14 min, Tito arriscou de média distância e Nikão saltou para espalmar a pelota. Dois minutos depois, Léo Rudek fez jogada individual, perdeu a bola e logo a recuperou, ficando de frente para o gol. Nikão salvou o time pelotense mais uma vez. Aos 17 min, Bochinha roubou a bola e ligou contra-ataque com Schuch. O ala do Paulista tocou na segunda trave, mas William Quevedo não alcançou a bola.

A emoção aumentou na segunda etapa. Aos 4 min, Bielemann roubou a bola e avançou com liberdade. Ele concluiu colocado, mas errou o alvo. Aos 6 min, Bochinha teve duas chances cara a cara com Rafael Vermelho, que defendeu nas duas oportunidades. Aos 9 min, Bielemann fez jogada pela esquerda e acertou a trave em chute rasteiro. Como a Federal não conseguia chegar ao gol adversário e cedia muito espaço para as investidas do time pelotense, o técnico resolveu colocar o goleiro-linha faltando cerca de nove minutos para o fim. Aos 11 min, Léo Rudek recebeu centralizado e concluiu rasteiro. Nikão defendeu com o pé. Aos 15 min, Tito ajeitou para Léo Rudek, que chutou forte por cima da meta.

Faltando 4 min 08s para o fim, Farias recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso. A Federal foi guerreira e conseguiu segurar os dois minutos com um jogador a menos. A partir daí, tentou a pressão final, mas sem resultado. Thales ainda teve uma chance, mas chutou para fora. E no último lance, Tito tentou a conclusão, mas chutou prensado e a bola sobrou para o goleiro Nikão, o nome da partida no CDM. Placar final: UFSM 0x1 Paulista.

Ficha técnica:
UFSM - Rafael Vermelho, Guinho, Léo Rudek, Bernardo, Tito, Carlson, Farias, Vini, Silvan, Thales, Fiapo, Bernardo, Carlos e Lincon. T.: Gabriel Pranke.
Paulista - Nikão, Bielemann, Rangel, Léo Timm, William Quevedo, Marcos, Artur, Nicolas, Schuch, Andrew, Peres e Bruno. T.: Felipe Bilhalva.
Gol: Bielemann (6 min 50s do 1T - P).
Arbitragem: Diego Menezes (árbitro principal), Marlon Ortiz (árbitro auxiliar), Rodrigo Bezerra (anotador) e Janaína Fernandes (cronometrista).
Cartões amarelos: Guinho (U), Bochinha, Schuch e William Quevedo (P).

Cartão vermelho: Farias (U).

Ginásio: Centro Desportivo Municipal (Santa Maria-RS).

Público pagante: 340 pessoas.
Público total: 389 pessoas.

Resultados da rodada:
UFSM 0x1 Paulista
SER Alvorada 4x1 União Independente
Prorr. 0x0/Pênaltis: SER 3x2
Assoeva 5x1 ASSAF (jogo realizado no dia 25 de setembro)
BGF 3x5 Rabelo.

* Via Assessoria UFSM Futsal.

s2Member®