CÓPIA PROIBIDA

CONTEÚDO PROTEGIDO PELA LEI DE DIREITOS AUTORAIS

EsporteSUL - O esporte daqui é aqui www.esportesul.comFacebookInstagramTwitter

Sub-17 do Inter-SM é campeão de torneio em Cacequi

Equipe alvirrubra faturou neste domingo (17/11) a Copa ACF Cacequi de Futebol de Campo de Categorias de Base

(Foto: Divulgação/Inter-SM)

Apontada como metas das gestões do ex-presidente Luiz Claudio Mello e do atual mandatário Jauri Schneider Daros, o Inter-SM vai retomando seu protagonismo também no futebol de base. Se já vem revelando jogadores nos últimos anos, o clube alvirrubro também segue aumentando sua galeria de conquistas.

Neste domingo (17/11), em Cacequi, a equipe sub-17 alvirrubra levantou o seu segundo título em dois anos ao faturar desta vez a Copa ACF Cacequi de Futebol de Campo de Categorias de Base, realizada na cidade de Cacequi e com outras cinco equipes do futebol gaúcho e também do país vizinho Uruguai.

A caminhada rumo ao título foi dada com a vitória de 1 a 0 sobre o uruguaio Libertad, na partida de abertura do Grupo A e da competição. No seu segundo compromisso o time do técnico Paulo Santos acabou superado por 1 a 0 pelo União da Fronteira, de Itaqui.

O reencontro com a vitória veio no duelo seguinte, nas quartas de final, sobre os donos da casa da Associação Cacequiense de Futebol, com direito a goleada de 4 a 1. Na semifinal a vítima alvirrubra foi o Flamengo, de Itaqui, batido por 3 a 1.

Já na final o Inter-SM reencontrou o Libertad e com gols de Rafinha, duas vezes, Itaqui e Thiaguinho garantiu a goleada por 4 a 0 e mais uma taça para o time sub-17.

- Foi uma boa competição, importante, jogamos contra gaúchos e uma equipe do Uruguai. Mantivemos sempre uma equipe considerada base, titular, e jogando o futebol que nos propusemos a jogar, um futebol com a bola no chão, bem jogado, com triangulações, muita compactação entre os setores. E tivemos sucesso. Os atletas compraram a ideia, a proposta de jogo. - analisa o técnico Paulo Santos, que completou:

- Fica o sentimento de dever cumprido. Assumi de forma interina o trabalho na base, minha obrigação como funcionário do clube há quase quatro anos. Fico muito contente e feliz pela oportunidade e confiança da diretoria de assumir este importante compromisso. Título é título, está marcado e ninguém mais nos tira.

s2Member®