CÓPIA PROIBIDA

CONTEÚDO PROTEGIDO PELA LEI DE DIREITOS AUTORAIS

EsporteSUL - O esporte daqui é aqui www.esportesul.comFacebookInstagramTwitter

Preparador físico santa-mariense fecha 2019 com mais um título no futebol catarinense

O ano de 2019 não poderia encerrar de forma mais positiva para o santa-mariense Marcos Vinícius Monassa Abella. Isso porque o preparador físico conquistou a Copa Santa Catarina neste domingo (24/11), seu terceiro título profissional integrando a comissão técnica do Brusque, agora comandada pelo técnico Jersinho.

Campeão na temporada passada sob o comando de Pinga e campeão da Série D em 2019 ao lado de Waguinho Dias, Marcos, que mesmo com as frequentes trocas de treinador da equipe, se mantém como o chefe da preparação física, comemorou mais uma taça após vitória nas penalidades no duelo decisivo realizado no estádio Dr. Hercílio Luz, em Itajaí, diante do Marcílio Dias.

Com a vantagem da vitória no duelo em casa, quando fez 2 a 1 no domingo anterior jogando no Augusto Bauer, o Brusque acabou derrotado por 1 a 0, mas teve mais competência na decisão por pênaltis, assim como na final da Série D contra o Manaus, e ficou com a taça ao fechar a série em 4 a 2. Na campanha do bi, foram 18 jogos, com nove vitórias, quatro empates e cinco derrotas.

O título da Copa Santa Catarina foi o quinto da história do Brusque na competição (1992, 2008, 2010 e 2018). O título também garantiu ao time do Vale do Itajaí uma vaga na Recopa Catarinense para enfrentar o Avaí, atual campeão estadual, e também na Copa do Brasil do próximo ano, que dará R$ 500 mil pela participação na primeira fase. Será a sexta vez que o Brusque vai disputar a Copa do Brasil.

- Muito importante a confiança que a diretoria, comissão técnica e os atletas têm no meu trabalho, sempre tanto continuidade para trabalhar, mas essa conquista tem algo em especial. Eu e o Jerson começamos lá na base juntos e fomos subido degrau por degrau até chegar no profissional e conquistar mais um título pelo clube. Professor Jerson sempre acreditou no meu trabalho e esse título só coroa o quanto a gente batalhou e trabalhou para chegar aqui, mas o ponto fundamental foi que os atletas compraram a ideia do professor e fez com que saíssemos da lanterna na sexta rodada para esse título. - revela Espinho, como é conhecido por seus amigos em Santa Maria, que terá algumas semanas de férias até voltar o foco para uma nova final: a Recopa catarinense, prevista para o dia 18 de janeiro, quando dará início a um calendário que terá ainda o Estadual, a Copa do Brasil e a Série C brasileira.

No Estadual 2019, sob o comado de Paulo Baier nas primeiras rodadas, e depois Marcelo Caranhato, 0 Brusque de Marcos terminou em sexto lugar. Com Waguinho Dias, ex-Marcílio Dias, faturou o título da Série D nacional e agora ao lado de Jersinho Testoni, provou mais uma vez que é um predestinado a vencer com a conquista do bi consecutivo da competição.

Aos 36 anos, Marcos é responsável pela preparação física do Brusque, clube que está desde 2015. Formado pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) e pós-graduado em Treinamento Desportivo pelo Centro de Estudos de Fisiologia do Exercício e Treinamento (CEFIT), em São Paulo. Depois de dois anos trabalhando com os elencos sub-15, sub-17 e sub-20 do Brusque e ajudar a conquistar duas vezes a Copa Furacão (sub-15 e sub-17) no início de 2017, foi integrado à comissão permanente do grupo profissional do clube em meio à temporada 2018 para conduzir o trabalho ao lado do técnico Pingo, que acabou coroado com a taça da Copa Santa Catarina, competição disputada no segundo semestre da última temporada.

Brusque venceu seu grande rival nos pênaltis e comemorou mais uma taça em 2019. Foto: Divulgação/Brusque
s2Member®