Em último amistoso antes da estreia na Divisão de Acesso, Inter-SM bate o União Frederiquense na Baixada

Felipe Tchelé marcou o único gol da partida ainda no primeiro tempo

O sábado (22/02) de Carnaval foi de bola rolando para o Inter-SM, que venceu mais uma partida amistosa, a última antes da estreia na Divisão de Acesso 2020.

Jogando diante da sua torcida, no Estádio Presidente Vargas, o time alvirrubro voltou a vencer o União Frederiquense, de Frederico Westphalen, dez vez por 1 a 0, com gol marcado por Felipe Tchelé ainda na primeira etapa.

- Foi um amistoso produtivo, principalmente no primeiro tempo. O União é uma equipe que tem suas qualidades, não estávamos conseguindo jogador muito. Quando entendemos que deviríamos jogar um jogo mais longo, de profundidade, acabamos fazendo gol e poderíamos ter criado mais chances. - disse Sananduva ao fim do amistoso, que completou:

- Precisamos evoluir em alguns aspectos, claro que precisamos, mas em outros  estamos bem ajustados. Então acredito que temos condições de fazer um bom campeonato e fazer frente para todas as equipes.

Com o triunfo sobre o União Frederiquense a equipe do técnico Sananduva encerra a sua preparação para a competição estadual invicta, com três vitórias (duas sobre o União e uma sobre o Elite) e um empate (com o Passo Fundo), sendo sete gols marcados e apenas dois sofridos.

O JOGO

O duelo deste sábado só teve amistoso realmente no nome. Truncado em boa parte dos 90 minutos e repleto de lances mais fortes e ríspidos por parte dos atletas do União, a partida foi de baixo nível técnico e com poucas chances claras de gol.

Mais organizado o Inter-SM dominou as ações no primeiro tempo, mas pecava no terço final de campo. Na jogada de ataque mais envolvente da etapa Wesley lançou Felipe Tchelé na canto esquerdo da área e o camisa 11 bateu colocado para fazer 1 a 0.

Neste momento o União já não contava com o lateral Paulinho, que acabou expulso depois de acertar um soco no lateral Denis.

Na etapa complementar o técnico Sananduva aproveitou para trocar nove dos onze jogadores em campo e com isso a equipe caiu de produção. Quem mais esteve perto de marcar foi o União, primeiro em chute de Danilo Bahia aos 31 minutos, onde Ramon precisou fazer a defesa em dois tempos, e mais tarde aos 41 em leve desvio de cabeça de Danilo Oliveira que também parou no goleiro alvirrubro.

O fato a se lamentar foram as saídas de Matheus Cunha e Chiquinho, vítimas da violência demasiada do União. Matheus deixou o campo sentindo forte dores no joelho e Chiquinho no tornozelo. Ambos serão reavaliados na reapresentação do grupo.

O plantel do Inter-SM recebe folga neste domingo e retoma os treinamentos na segunda-feira (24/02). Já no próximo final de semana o Alvirrubro faz a sua estreia na Divisão de Acesso contra o São Gabriel, no Estádio Presidente Vargas, em data e horário a serem confirmados. Apesar da Federação Gaúcha de Futebol (FGF) ter marcado a partida para às 20h de sábado (29/02), a intenção da diretoria do Inter-SM é alterar o embate para às 15h ou 16h de domingo (01/03).

s2Member®

CÓPIA PROIBIDA

CONTEÚDO PROTEGIDO PELA LEI DE DIREITOS AUTORAIS

EsporteSUL - O esporte daqui é aqui www.esportesul.comFacebookInstagramTwitter