Grêmio tem favoritismo maior que o Inter na Libertadores

(Foto: Lucas Uebel/GFPA)

A Copa Libertadores deste ano tem um sabor especial para os gaúchos. Isso porque Grêmio e Internacional estão no mesmo grupo, ou seja, vão se enfrentar duas vezes na primeira fase da competição. A primeira partida será já na próxima quinta-feira, às 21h, na Arena do Grêmio. Para os especialistas, o Imortal Tricolor é mais favorito que o Colorado para a conquista do título.

No site BetWarrior, por exemplo, o Grêmio aparece com cotação 14 pra 1 pelo título da Libertadores, enquanto o rival tem 19 pra 1. Ambos, no entanto, estão bem distantes do maior favorito, que é o Flamengo (5 pra 1), e também ficam atrás de River Plate, Boca Juniors e Palmeiras.

Pesa à favor do Grêmio o fato de ter um trabalho de longo prazo, iniciado por Renato Gaúcho em 2016, culminando com o tricampeonato da competição continental no ano seguinte. Já o Colorado ainda tem um trabalho em estágio inicial, comandado pelo argentino Eduardo Coudet, mas já começa a colher frutos de um estilo de jogo bastante intenso.

Bom início

Tanto Grêmio quanto Inter começaram a fase de grupos da competição com o pé direito. Ambos estrearam com vitória no grupo E, e dividem a liderança da chave com três pontos cada.

Jogando em casa, no Beira-Rio, o Internacional não tomou conhecimento da Universidad Católica, do Chile, e venceu por 3 a 0, com dois gols do peruano Paolo Guerrero e um de Marcos Guilherme. Foi o quinto jogo do Colorado na competição, já que a equipe de Coudet teve que passar pela fase preliminar, e por enquanto nenhum gol sofrido pela defesa vermelha.

O técnico exaltou a apresentação do time, que foi considerada a melhor neste ano de 2020 pela torcida.

- Necessitamos tempo, que os jogadores entendam o sistema para poder executar. Colocamos muitos jogadores no ataque. É preciso equilíbrio. Hoje fomos muito bem e estou muito contente. Eles trabalham de uma grande forma. Foi um lindo jogo e pudemos oferecer à torcida um bom espetáculo. - disse Coudet na coletiva pós-jogo no Beira-Rio

Já os comandados de Renato Gaúcho viajaram para Cali, na Colômbia, e conquistaram o resultado positivo diante do América, por 2 a 0. Victor Ferraz e Matheus Henrique fizeram os gols da vitória do Grêmio fora de casa.

Após o jogo, Renato Gaúcho exaltou o bom resultado em um campo ruim.

- Fizemos um gol que deu tranquilidade, para usar o que temos de melhor: o toque de bola. Infelizmente o campo não ajudou, minha equipe recuou e o América cresceu. Poderíamos ter matado o jogo, estava bem controlado. Libertadores é bem difícil, principalmente fora de casa. O América valorizou nossa vitória, o estádio aplaudiu. - disse o treinador do Grêmio em coletiva.

O que esperar do Grenal?

O jogo da próxima quinta será o primeiro Grenal da história da Libertadores. Neste ano, as equipes já se encontraram uma vez, no Beira-Rio, e o Grêmio levou a melhor: 1 a 0, gol de Diego Souza no fim do jogo, o que garantiu vaga na decisão do primeiro turno do Campeonato Gaúcho (que o Grêmio perdeu para o Caxias).

A partida de quinta-feira será na Arena do Grêmio, estádio em que o Inter só venceu uma vez, no dia 30 de março de 2014, o primeiro clássico da nova casa gremista. Na ocasião, Rafael Moura marcou duas vezes e o Colorado venceu por 2 a 1. De lá pra cá, foram 11 jogos, com 5 vitórias do Grêmio e 6 empates.

Superar o tabu, portanto, será o maior desafio do Internacional. Porém, o time de Eduardo Coudet sabe que um triunfo na Arena deixa o Inter em situação bastante confortável no grupo, já que depois o time faz dois jogos seguidos em casa, contra América de Cali (18 de março) e contra o próprio Grêmio (8 de abril).

Já o Grêmio terá o apoio da torcida para manter o 100% de aproveitamento na competição. Um começo positivo será fundamental, já que depois o time terá dois jogos fora de casa, contra Universidade Católica (18 de março) e Inter (8 de abril).

Antes do confronto, ambos têm compromissos pelo Campeonato Gaúcho, mas a tendência é que usem times alternativos, visando o confronto da próxima quinta. Curiosamente, os dois rivais enfrentam times da mesma cidade. O Grêmio visita o Pelotas, no domingo, às 16h. No mesmo dia, porém mais tarde, o Internacional recebe o Brasil de Pelotas.

 

s2Member®

CÓPIA PROIBIDA

CONTEÚDO PROTEGIDO PELA LEI DE DIREITOS AUTORAIS

EsporteSUL - O esporte daqui é aqui www.esportesul.comFacebookInstagramTwitter