Conmebol adianta até 60% da premiação da Libertadores e Sul-Americana

Grêmio e Inter estão entre os clubes beneficiados

(Foto: Lucas Uebel/Grêmio)

A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) decidiu antecipar até 60% das premiações - referentes a fase de grupos da Libertadores e da segunda etapa da Sul-Americana - para mitigar o impacto econômico sobre os clubes empenhados em combater a pandemia do novo coronavírus (covid-19). A medida foi publicada, em um comunicado oficial, no site da entidade, na tarde desta quinta-feira (26/03). No Brasil, os clubes beneficiados serão Flamengo, Palmeiras, Athletico-PR, São Paulo, Grêmio, Internacional e Santos.

Conforme o regulamento da Copa Libertadores, cada um dos 32 clubes que participam da fase de grupos receberá, ao final desta etapa, US$ 3 milhões (valor referente aos três jogos que cada um fará como mandante). E os 60% de antecipação anunciados pela Conmebol, equivalem a aproximadamente R$ 9,1 milhões. No Brasil, afetados pelo avanço da pande serão antecipados.

Em relação à Sul-Americana - atualmente na segunda fase - os clubes terão direito a antecipação de aproximadamente 60% de US$ 375 mil, o que representa US$ 225 mil (quase R$ 1,14 milhão). Vasco e Bahia são os brasileiros no torneio.

Em relação à Sul-Americana, que está na sua segunda fase, os clubes participantes terão direito a antecipação de aproximadamente US$ 225 mil (R$ 1,14 milhão), 60% dos US$ 375 mil. Vasco e Bahia são os brasileiros no torneio. Os confrontos dessa fase ainda serão sorteados.

Via Agência Brasil

s2Member®

CÓPIA PROIBIDA

CONTEÚDO PROTEGIDO PELA LEI DE DIREITOS AUTORAIS

EsporteSUL - O esporte daqui é aqui www.esportesul.comFacebookInstagramTwitter