Eduardo Tanque, do time sub-23 do Corinthians, comenta sobre atividades e treinos em casa diante da crise do coronavírus

Centroavante corintiano passa o período de reclusão na casa dos seus pais em Caçapava do Sul

(Foto: Divulgação)

A pandemia do Covid-19 interferiu diretamente no calendário esportivo de muitos países ao redor do globo, culminando em uma verdadeira série de cancelamentos, paralisações, adiamentos e alterações de competições de praticamente todas as modalidades na tentativa de conter os avanços do novo coronavírus.

E neste período de quarentena, incertezas e indefinições sobre a sequência da temporada 2020 um dos grandes desafios para os atletas é justamente manter o preparo físico já que os clubes, centros de treinamentos e até academias suspenderam também suas atividades por tempo indeterminado, obrigando cada atleta trabalhar individualmente.

Caso do centroavante santa-mariense Eduardo Tanque, jogador do time sub-23 do Corinthians, de São Paulo, que vem seguindo a risca a cartilha de treinos e atividades passadas semanalmente pelo departamento de categorias de base do Timão.

Em Caçapava do Sul desde que foi liberado pelo clube paulista e permanece este período na residência dos seus pais e onde também improvisa seus "treinos caseiros", Eduardo Tanque contou um pouco de como está sendo a sua rotina de atividades para manter-se em forma até a data da sua reapresentação na CT Joaquim Grava. Já para o santa-mariense os cuidados são maiores já que está em fase final de recuperação de uma torção no tornozelo.

- Nos passaram alguns treinos específicos. As orientações foram de ficar em casa o máximo possível e fazer os os exercícios passados pelo preparador físico. Tenho meus cuidados por conta da lesão que eu tive agora, um entorse no tornozelo. - diz Eduardo Tanque.

E curiosamente toda a situação vivida atualmente no Brasil o centroavante presenciou no Japão, em excursão com o time sub-23 corintiano no início da temporada 2020, quando o país asiático vizinho da China, epicentro do Covid-19, já lidava com o novo vírus. O que fez com que todos os cuidados fossem tomados com a equipe, incluindo exames e o cancelamento de amistosos contra equipes chinesas.

- Fizemos uma bateria de exames antes de ir e no Japão estavam com bastante cuidados, principalmente em aeroportos e na cidade de Tokyo, usando máscaras e evitando sair muito de casa. - comenta o centroavante.

O santa-mariense também aproveitou para mandar um recado não só para a torcida da Corinthians como também para os santa-marienses neste momento de reclusão vivido pela sociedade mundial:

- Meu recado é que todos se cuidem, principalmente quem tem idosos e crianças em casa. Ficar dentro de casa e só sair quando o necessário, uns ajudando os outros.

Inicialmente a reapresentação de Eduardo Tanque estava marcada para o dia 7 de abril, mas foi adiada já que o departamento de categorias de base do Corinthians também suspendeu oficialmente suas atividades por tempo indeterminado na última semana.

s2Member®

CÓPIA PROIBIDA

CONTEÚDO PROTEGIDO PELA LEI DE DIREITOS AUTORAIS

EsporteSUL - O esporte daqui é aqui www.esportesul.comFacebookInstagramTwitter