Grêmio e Inter recebem punições por conta da confusão na Libertadores

Zagueiro tricolor Paulo Miranda e o lateral colorado Moisés foram os atletas que pegaram ganchos maiores

(Foto: Silvio Avila/AFP)

A Conmebol divulgou nesta sexta-feira (22/05) as punições pela briga que ocorreu no clássico entre Grêmio e Internacional, no dia 12 de março, válido pela fase de grupos da Libertadores 2020. O zagueiro tricolor Paulo Miranda e o lateral colorado Moisés foram os atletas que pegaram ganchos maiores, de quatro partidas, e são os únicos que podem recorrer.

Pelo lado azul, Luciano, com três jogos, Pepê e Caio Henrique, com um cada, completam a lista de suspensões. Já do lado vermelho, Edenílson, com três, Cuesta e Praxedes, com um cada, estão suspensos também. Além disso, ambos os clubes terão que pagar US$ 9 mil (cerca de R$ 50 mil), cada, pelas multas dos jogadores expulsos na partida.

O Gre-Nal, disputado na Arena do Grêmio, era válido pela segunda rodada do Grupo E e terminou empatado em 0 a 0. Os dois brasileiros lideram a chave, com 4 pontos cada. Na sequência, aparece o América de Cali, com três, e a Universidad Católica, na lanterna, sem pontuar até o momento.

A Libertadores está momentaneamente paralisada por conta da pandemia do coronavírus e ainda não tem data para retorno.

Confira as punições:

Grêmio
Paulo Miranda: 4 jogos e multa de US$ 3 mil
Luciano: 3 jogos e multa de US$ 3 mil
Pepê: 1 jogo e multa de US$ 1,5 mil
Caio Henrique: 1 jogo e multa de US$ 1,5 mil

Inter
Moisés: 4 jogos e multa de US$ 3 mil
Edenilson: 3 jogos e multa de US$ 3 mil
Cuesta: 1 jogo e multa de US$ 1,5 mil
Praxedes: 1 jogo e multa de US$ 1,5 mil

Via Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

s2Member®

CÓPIA PROIBIDA

CONTEÚDO PROTEGIDO PELA LEI DE DIREITOS AUTORAIS

EsporteSUL - O esporte daqui é aqui www.esportesul.comFacebookInstagramTwitter