Em nova videoconferência, FGF propõe fusão entre a Divisão de Acesso e Segunda Divisão

Proposta apresentada não agradou o Inter-SM e a grande maioria dos clubes da Divisão de Acesso. Uma nova reunião foi agendada para a próxima segunda-feira (15/06)

(Foto: Bruno Tech/EsporteSUL)

Suspensa há exatos 84 dias em função da pandemia do Covid-19, a Divisão de Acesso 2020 voltou a ser debatida na tarde desta segunda-feira (08/06) pela Federação Gaúcha de Futebol (FGF) e pelos clubes participantes.

Mas ao contrário de elucidar dúvidas e questionamentos sobre o futuro da competição, a videoconferência apresentou uma nova e até surpreendente alteração que acabou não sendo vista com bons olhos pela maioria das equipes.

Na proposta apresentada pela entidade máxima do futebol gaúcho está a fusão da Divisão de Acesso e da Segunda Divisão, ou seja, da segunda e terceira divisão estadual, em um campeonato único no segundo semestre de 2020. Assim, com 32 times no total, (16 da Divisão de Acesso e 16 da Segunda Divisão), a competição seria regionalizada e dividida em quatro grupos com duas chaves de quatro equipes.

No entanto o novo certame não teria rebaixamento nem vagas ao Gauchão 2021, o que gerou contestações por parte da maioria dos clubes presentes, incluindo o Inter-SM. Pela FGF os campeões de cada região se juntariam as equipes do Gauchão que não possuem vagas em campeonatos nacionais e fariam uma espécie de repescagem para definir as vagas na Série D e na Copa do Brasil do próximo ano.

- Nós temos o planejamento de subir para a Série A do Gauchão. Expus a minha opinião na reunião. Minha decisão é que o Inter-SM tem que participar da Divisão de Acesso até o final. Em hipótese alguma vamos votar em cancelar a Divisão de Acesso para recomeçar outra competição. Nossa opinião é de recomeçar e terminar a Divisão de Acesso. Pelo que notei os 16 clubes querem terminar a Divisão de Acesso. - diz o presidente do Inter-SM, Jauri Daros, que inclusive deu a sugestão no encontro de recomeçar a Divisão de Acesso no dia 30 e agosto e não entre os dias 8 e 9:

- Começamos, estamos com três rodadas e temos calendário para isso (terminar a Divisão de Acesso). Se começarmos o primeiro jogo em 30 de agosto vamos ter setembro, outubro e novembro, dentro do ano e bem tranquilo. Calendário a Divisão de Acesso tem. Não adianta inventarmos outra competição, unir mais outros times e simplesmente desistir da Divisão de Acesso, que é o que dá vaga para a Série A do Gauchão. Temos que nos unir e lutar pelo término da Divisão de Acesso.

Outro ponto levantado foi possibilidade do reinício da competição ser realizado com portos fechados, sem a torcida, se mantido a previsão da bola voltar a rolar nos primeiros dias de agosto. A ideia também foi totalmente rechaçada pela maioria dos envolvidos, já que todos os clubes dependem das receitas das bilheterias. A sugestão apresentada pelas entidades e defendida pelo Inter-SM é realizar jogos com ao menos 33% da capacidade do estádio, o que para o time santa-mariense representaria pouco mais de dois mil torcedores na Baixada.

Uma nova videoconferência foi agendada para a próxima segunda-feira (15/6) para reavaliar e votar a fórmula apresentada pela FGF.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

s2Member®

CÓPIA PROIBIDA

CONTEÚDO PROTEGIDO PELA LEI DE DIREITOS AUTORAIS

EsporteSUL - O esporte daqui é aqui www.esportesul.comFacebookInstagramTwitter