Título do Torneio Judô Raça vem para Santa Maria

Santa Maria Judô sagrou-se campeão da competição virtual inédita no judô brasileiro

(Foto: Divulgação/SMJ)

Acostumado a levantar troféus ao longo de sua história de 38 anos, sendo dezenove vezes consecutivos campeão estadual, o Santa Maria Judô (SMJ) acrescentou uma conquista inédita em sua vasta galeria de honrarias.

A equipe liderada pelos senseis Aglaia Pavani e Luiz Pavani foi a grande vencedora do Torneio Judô Raça, uma competição virtual e online inédita na modalidade no país que tinha por objetivo manter a interação, conectividade e clima de competição entre os judocas neste momento atípico longe do dojô e lutas oficiais.

A confirmação do título para os santa-marienses ocorreu na manhã desta segunda-feira (08/06), após quatro dias de disputa contra a equipe Shisie Caxias, de Caxias do Sul.

Como primeira ação e desafio da decisão as duas entidades tiveram que gravar um vídeo com uma mensagem de apoio e agradecimento aos profissionais da saúde que atuam no combate ao novo coronavírus, avaliando o maior alcance com comentários e curtidas no Facebook. Já entre o sábado e o domingo o SMJ e o Shisie disputaram a preferência dos votos dos internautas pelo Instagram e grupo do Facebook da equipe paulista Judô Raça, responsável pela competição. No entanto, por conta de dúvidas e problemas na hora da contagem, as duas disputas realizadas no Facebook acabaram descartadas para seguir a métrica mais segura. Assim, como levou a melhor na votação do Instagram, o SMJ ficou com o primeiro lugar.

- Estamos muito contentes e comorando esta vitória. Um evento de nível nacional envolvendo grandes equipes do judô brasileiro, como o Instituto Reação dos medalhistas olímpicos Flavio Canto e Rafaela Silva. 32 equipes entraram e o Santa Maria Judô saiu campeão, desta vez não contando com a preparação técnica dos seus atletas, mas contando com amigos, judocas, pais, apoio da comunidade de Santa Maria, do Rio Grande do Sul e do Brasil. Na verdade até mais que isso, com votos vindo de fora do país. Foi muito bacana ter esse reconhecimento, ter o sucesso do projeto em uma competição baseada em outro quesito que não é técnico, que é o quesito de prestígio, de reconhecimento do trabalho e empenho dos nossos atletas e famílias. - destaca o sensei Luiz Pavani, que acrescentou:

- Foi também uma demostração de força da Liga Riograndense de Judô. Com todas essas equipes, tando do sistema de ligas como do sistema federativo que estavam envolvidas na competição, as duas finalistas foram da Liga Riograndense de Judô. E isso também nos deixa felizes em mostrar a força da LRJ no Brasil inteiro.

Ao longo de todo Torneio Judô Raça a entidade santa-mariense deixou para trás a Confederação Brasileira de Judô Kodonak, do Rio de Janeiro, na primeira fase, a Associação Americanense Desportiva de Judô, da cidade paulista de Americana, nas oitavas de final, a Associação Unijudô, de São Paulo, nas quartas de final, e o Judô Mogi Guaçu, de São Paulo, na semifinal. No total 32 equipes de todo o Brasil marcaram presença na disputa virtual.

- Queria agradecer a todas equipes que participaram do Brasil inteiro, aos professores, alunos, familiares, a todos que participaram e brincaram com a gente. O intuito principal era esse, trazer interação entre as equipes e na parte interna, conhecer as outras entidades também. Tivemos grandes disputas na fase final e inicial e acredito que foi de bastante aprendizado e conhecimento. - comenta o sensei Nilson Castro, responsável pelo Judô Raça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

s2Member®

CÓPIA PROIBIDA

CONTEÚDO PROTEGIDO PELA LEI DE DIREITOS AUTORAIS

EsporteSUL - O esporte daqui é aqui www.esportesul.comFacebookInstagramTwitter