Santa-mariense Geywson Eduardo troca de clube no handebol português

Atleta de 18 anos é um dos reforços apresentados pelo Acadêmico de Viseu para a temporada 2020/2021

(Foto: Arquivo Pessoal)

O santa-mariense Geywson Eduardo Corrêa está de casa nova. Grande revelação do handebol do Coração do Rio Grande nos últimos anos, o atleta de 18 anos seguirá por mais uma temporada atuando em Portugal, mas no entanto deixou a populosa Porto em direção à cidade de Viseu, interior lusitano.

Após defender o FC Porto, onde sua passagem foi abreviada pela pandemia, Geywson Eduardo foi contratado pelo Acadêmico de Viseu FC, clube pelo qual já treina normalmente desde o dia 10 de agosto com atenções voltadas para o Campeonato Nacional Andebol 2, a segunda divisão portuguesa.

- Vir para o Viseu será uma grande experiência. A cidade é muito boa, povo acolhedor e estou me sentindo muito bem aqui. Claro que a saudade bate, mas entendo que será importante para buscar a me afirmar cada vez mais e a me adaptar ao handebol europeu. - diz Geywson Eduardo, que atua como lateral esquerdo.

A ida do santa-mariense aos Viriatos, apelido do Acadêmico de Viseu, faz parte de um projeto de evolução e ascensão gradativa desempenhado pelo clube no cenário nacional, apresentado principalmente a partir de 2016 até os dias atuais e tendo como seu ponto ápice justamente esta que será a sua primeira participação na segunda divisão nacional.

- Tivemos boas recomendações do atleta, apesar de pouco tempo no Porto. Tem só 18 anos, tem muito que aprender obviamente, mas tem muita margem de evolução, o que fundamental neste tipo de esporte. Não encontramos muitos atletas com as características físicas que o Geywson tem, é considerável para nossa modalidade, na forma de jogar. - destaca o técnico português Rafael Ribeiro, fazendo menção a altura de 2m06cm do santa-mariense.

Único brasileiro no elenco do Viseu, no qual fazem parte mais quinze jogadores portugueses, um inglês, um escocês, um cubano e um cabo-verdiano, Geywson mantém por enquanto uma rotina de treinos físicos no complexo esportivo Fontelo em dois turnos, manhã e a noite. Já durante a tarde passa o dia com parte dos companheiros de time na Casa do Acadêmico, assim chamada a casa serve de alojamento para os estrangeiros.

Assim, a estreia do lateral esquerdo santa-mariense em seu novo clube deve ocorrer nos amistosos e torneios preparatórios para a segunda divisão, prevista para iniciar no mês de outubro. No próximos dias a comissão técnica já começa a comandar os primeiros treinos técnicos e táticos.

- Estou com foco total no Viseu. Vou tentar me firmar na equipe e tenho dois objetivos em mente. Primeiro ajudar o time a subir para a primeira divisão nacional e depois buscar o título. Sei que será muito bom para esse meu início de carreira, para que um dia possa vestir a camisa da Seleção Brasileira. - declara Geywson Eduardo.

s2Member®

CÓPIA PROIBIDA

CONTEÚDO PROTEGIDO PELA LEI DE DIREITOS AUTORAIS

EsporteSUL - O esporte daqui é aqui www.esportesul.comFacebookInstagramTwitter