Prestes a estrear na Série Ouro União Independente segue sem realizar treinos com bola

Classificação de bandeira vermelha para Santa Maria no mapa de distanciamento controlado é mais um especilho na preparação áureo-cerúlea

(Foto: Bruno Tech/EsporteSUL)

No dia 27 de setembro o União Independente Futsal dá o pontapé inicial na disputa da sua segunda Série Ouro consecutiva, competição que nesta temporada se viu obrigada a alterar o seu regulamento e formato em virtude da pandemia. Como primeiro adversário o time áureo-cerúleo terá o BGF Futsal, equipe anfitriã da primeira rodada do campeonato marcada para a cidade de Bento Gonçalves.

Porém, faltando pouco mais de uma semana para a sua estreia, o União segue longe das quadras e ainda sem poder realizar nenhum treino coletivo e com bola com o seu grupo de atletas.

Após iniciar as conversas com a Prefeitura Municipal e com o Comitê Estratégico de Acompanhamento do Covid-19 para a liberação dos treinos, o clube santa-mariense se preparava para entregar o protocolo de segurança para a retomada das atividades quando foi surpreendido com a classificação de bandeira vermelha para o Coração do Rio Grande.

Assim, pouco adiantou a autorização do governo do Estado para a volta das quadras esportivas e jogos coletivos amadores em todo solo gaúcho. Segundo o texto publicado no Diário Oficial do Estado, na última segunda-feira, para a liberação das atividades em ginásios e quadras o município deve ficar 14 dias sem bandeira vermelha ou preta no mapa de distanciamento controlado.

Possibilidade e esperança para o União que acabaram indo por água abaixo com a classificação de bandeira vermelha para Santa Maria na última atualização do governo, que com isso não poderá realizar nenhum treino coletivo e com bola até a estreia contra o BGF dentro da sua cidade.

Mesmo assim, mesmo com essa possibilidade de não realizar nenhum treinamento com bola, a diretoria do União garante que a equipe disputará a Série Ouro e viajará para a Serra Gaúcha. Neste momento o clube mantém as conversas e diálogos em canais virtuais com os atletas do plantel, que seguem realizando individualmente treinos físicos e pequenos trabalhos técnicos passados pela comissão técnica.

- Agora complicou bastante (classificação bandeira vermelha para a cidade). Estávamos com o protocolo já pronto para apresentar para liberar o ginásio e ocorreram duas situações. A liberação das quadras através do decreto do estado, mas antes já veio a bandeira vermelha para Santa Maria. Vamos aguardar ver o que faremos, mas independente de qualquer situação nós iremos para o jogo. O Henrique (Henrique Braibante, técnico do União) está fazendo videoconferências com os jogadores para mantermos nossa condição de jogo. Os jogadores estão cientes das dificuldades que teremos e estão se preparando como podem, fazendo treinos funcionais, indo em academias, correndo, se exercitando de uma maneira ou outra. - diz o presidente do União Independente, Claudemir Fernandes, o Maninho.

O União está no Grupo B da Série Ouro, juntamente com o BGF, a SER Itaqui, de Itaqui, o Guarani, de Frederico Westphalen, e a poderosa Assoeva, de Venâncio Aires, equipe que disputa a Liga Nacional de Futsal. Já o Grupo A conta com o Brasil Futsal, de Pelotas, a AES, de Sobradinho, o Passo Fundo Futsal, de Passo Fundo, a SER Canoense, de Canoas, e Rabelo, de Alvorada.

Nesta edição da Série Ouro as equipes se enfrentam na primeira fase dentro de suas respectivas chaves em turno único e em rodadas sediadas em municípios liberados para a prática esportiva. Após os vinte jogos da fase de grupos os dois primeiros colocados de cada chave avançam para a semifinal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

s2Member®

CÓPIA PROIBIDA

CONTEÚDO PROTEGIDO PELA LEI DE DIREITOS AUTORAIS

EsporteSUL - O esporte daqui é aqui www.esportesul.comFacebookInstagramTwitter