Internacional segue como grande favorito ao Campeonato Brasileiro

Galhardo é um dos destaques do time na temporada. Foto Ricardo Duarte/Internacional

Galhardo é um dos destaques do time na temporada. Foto Ricardo Duarte/Internacional

O Inter passou por altos e baixos durantes os últimos 10 anos: Tricampeão brasileiro, chegou a fazer ótimas campanhas, mas amarga décadas de jejum. O time chegou a ser rebaixado pela primeira vez em sua história para a segunda divisão em 2016, quando ficou em 17º lugar.

Mas já em 2018 chegou a brigar pelo título, chegando às finais e terminando em terceiro. Na campanha passada, ficou em 7º, quando caiu nas quartas de final. Em termos de campeonatos regionais, o colorado é o time que possui mais títulos no Campeonato gaúcho, acumulando 45. Entretanto, este ano terminou em terceiro lugar.

Ou seja, são resultados variáveis que pouco indicavam que este ano o time tomaria a frente do Brasileirão, já que o Flamengo detinha o favoritismo. Porém, as últimas rodadas têm mostrado um colorado forte, se tornando um favorito a ganhar o campeonato brasileiro.

Com 20 pontos em 9 partidas, o time segue à frente do Flamengo e o São Paulo, com 17. Esses números fazem a torcida sonhar com o almejado título. E isso tem como principal motivo o trabalho feito pelo técnico Eduardo Coudet, no comando desde dezembro de 2019.

Seu comando tem sido marcado por ótimos resultados: em 29 jogos, foram 17 vitórias, 8 empates, 4 derrotas, 45 gols a favor, e 16 contra, somando um aproveitamento de 67,5%. Valores acima das campanhas anteriores e que levaram sua equipe à liderança.

Coudet tem se dedicado ao comando do Inter com braço de ferro, levando os jogadores a treinamentos intensos. Recentemente chegou a declarar que possivelmente não é fácil aguentá-lo todos os dias devido suas exigências, mas ela é necessária para que os resultados sejam positivos.

Dentre elas está inclusive o controle da alimentação de seus jogadores com a ajuda de nutricionistas. Com isso ele acompanha de perto o desempenho e os níveis de saúde de cada um dos atletas sob seu comando.

Isso acaba refletindo nos jogos e seus resultados, já que a equipe tem uma identidade ofensiva e consegue criar oportunidades e manter a posse de bola por mais tempo, em todas as partidas realizadas até agora.

Outra característica do técnico tem sido não ter medo de mudanças: Ele já apostou em quatro volantes, mas também defende uma linha de defesa maior caso seja necessário. O técnico entende que o momento faz a diferença e faz o que for preciso para buscar a vitória.

Jogadores superam dificuldades para avançar no campeonato

Técnico Eduardo Coudet se destaca pela exigência, e tem trazido bons resultados. Foto: Ricardo Duarte/Internacional
Técnico Eduardo Coudet se destaca pela exigência, e tem trazido bons resultados. Foto: Ricardo Duarte/Internacional

O time gaúcho vem se destacando, sobretudo com a presença do volante Patrick e Thiago Galhardo, que é o atual artilheiro do Internacional no Brasileirão, com 6 gols marcados (5,15 XG) em oito partidas. Mas não foi fácil para Thiago voltar à forma depois de ficar algum tempo parado.

O desempenho do meia-atacante vem ajudando a equipe de forma decisiva, e tornando esse momento especial para Thiago, que vive seu melhor momento na carreira:

“Passa um filme na minha cabeça. No Inter x Ceará do ano passado que eu fiz o gol lá em Fortaleza, eu estava num momento crítico da vida com minha vó. Quando faço os gols ela vem na minha cabeça, a estrela que tanto me ilumina e eu peço a Deus que ela me abençoe. Naquela época eu não queria jogar, hoje (quinta) eu posso fazer um gol e dedicar a ela. Estou muito feliz. Tenho objetivos. Para a gente ficar marcado em um clube temos que terminar ciclos e conquistar títulos, e este é o meu objetivo no Internacional”, revelou após a partida onde enfrentou seu time anterior e fez dois gols.

Time também lidera sua chave na Libertadores

Enquanto caminha a passos largos para as finais do Brasileirão, o Inter também se prepara para o retorno da libertadores. Com um time entrosado, a diretoria revelou os nomes dos atletas inscritos na Conmebol Libertadores. Na relação, 38 nomes, 11 reforços e quatro saídas.

A maioria são jovens atletas como Tiago Barbosa, Leo Borges, Leonardo Ferreira e o goleiro Keiller. Dentre os que ficaram de fora estão Víctor Cuesta, Musco, Natanael, Bruno Fuchs, Roberto e Gustavo, Yuri Alberto e Peglow.
O time está em uma excelente colocação, seguindo como líder do Grupo E da Conmebol, com 7 pontos e acima do Grêmio, América de Cali e Universidade Católica.

Com relação aos campeonatos disputados no momento, Coudet já anunciou que não há uma preferência:

“Queremos competir em tudo e com o tempo temos que ir aguentando (...) Não estamos na condição de escolher nada. Para todos as equipes vai ser muito difícil disputar duas ou três competições. Queremos competir em todas”.

Tal postura reflete em campo, e torna o time um grande concorrente a ambos os títulos atualmente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

s2Member®

CÓPIA PROIBIDA

CONTEÚDO PROTEGIDO PELA LEI DE DIREITOS AUTORAIS

EsporteSUL - O esporte daqui é aqui www.esportesul.comFacebookInstagramTwitter