“Precisaremos de paciência e persistência. Estamos impedindo de treinar da forma que estávamos acostumados”, diz o técnico do União, Henrique Braibante

Técnico do União Independente falou com o EsporteSUL sobre a estreia do clube na Série Ouro 2020 no próximo domingo (27/09). Clube santa-mariense enfrentará o BGF Futsal sem ter realizado nenhum treino tático e coletivo na quadra em sua preparação

(Foto: Bruno Tech/EsporteSUL)

Pela primeira vez em sua carreira de longos anos dentro do futsal o técnico Henrique Braibante mandará a quadra para uma partida oficial uma equipe sem ter qualquer tipo de treino tático ou coletivo. O que é mais um efeito da pandemia e talvez processo mais desafiador para o comandante do União Independente.

No próximo domingo (27/09), em Bento Gonçalves, o União Independente irá encarar a BGF Futsal em sua estreia na Série Ouro 2020 sem ter realizado nenhuma atividade coletiva como preparação. O último treino com todo plantel de atletas foi realizado ainda na distante temporada de 2019.

Quando preparava-se para entregar o protocolo de segurança para a liberação dos treinos para a Prefeitura Municipal e para o Comitê Estratégico de Acompanhamento do Covid-19, o União acabou surpreendido com a classificação de bandeira vermelha para o Coração do Rio Grande na última semana. Assim de nada adiantou a autorização do governo do Estado para a volta das quadras esportivas e jogos coletivos amadores em todo solo gaúcho, já que esta liberação município deve ficar 14 dias sem bandeira vermelha ou preta no mapa de distanciamento controlado. Coube então ao técnico áureo-cerúleo Henrique Braibante a tarefa de tentar driblar mais este adversário, se é que é possível.

- Está sendo muito diferente. Precisamos de paciência e de persistência. Estamos impedidos de treinar da forma como estamos acostumados. Mas é um outro momento. Temos que aproveitar que a vontade de competir é muito grande, a vontade de participar da competição está muito grande. - diz o treinador.

Além de técnico, Henrique Braibante também acumula neste momento o cargo de preparador físico do União, função que também ocupa dentro da comissão técnica do Inter-SM. Assim, junto com os treinos técnicos e orientações táticas individuais e muitas vezes virtuais, o comandante áureo-cerúleo também foi o responsável em manter o condicionamento físico do grupo de jogadores neste período sem bola rolando.

- Não estamos conseguindo treinar de forma presencial, aquele treinamento coletivo. Viemos fazendo trabalhos físicos, mantendo o distanciamento, e também bastante trabalho tático, explicando muito a forma que queremos jogar, atacar, estratégias, jogadas ensaiadas. O problema é que fica um trabalho mais técnico do que coletivo. Mas temos que entender que é o momento que estamos vivendo. Com isso temos que trazer exercícios e ações que consiga transferir em muitos momentos do jogo, de forma até muitas vezes individualizada. Condução, finalizações, movimentos do nosso padrão de jogo. Juntamos também com a parte física para poder tentar transferir o máximo desses exercícios para o cotidiano de jogo. Não é fácil, é diferente, mas entendemos que ficar parado é pior. Se não nos esforçarmos desta forma, não tentar transferir, vamos ficar mais destreinado ainda. temos que usar destes artifícios e criatividades para nos prepararmos para a Série Ouro.

E antevendo todas essas dificuldades em meio a sua preparação para a elite estadual, diretoria e comissão técnica do União optaram por manter a mesma base de atletas dos últimos anos para, sobretudo, usar este entrosamento e ideias de jogo enraizadas como os trunfos da equipe.

- Pensamos muito sobre o plantel. Praticamente é a base do União que já vinha trabalhando há muito tempo. Neste momento de preparação já me ajuda muito eles entenderem o que realmente eu gosto que façam dentro da quadra. Nesse ano as orientações que vou colocar no nosso trabalho não são muitas novidades táticas, mas sim tudo que já trabalhamos para que eles se sintam a vontade dentro de quadra, já tendo passado por esses momentos. A montagem do plantel foi em cima disto, atletas que já conhecem meu trabalho, que já treinaram por muitas vezes tudo aquilo que vamos cobrar na competição. - declara o treinador, que finalizou reafirmando o seu apoio ao elenco e celebrando o retorno do futsal:

- Mesmo enfrentando todas essas dificuldades acreditamos muito em um bom desempenho. Acreditamos muito que essa vontade de voltar as quadras vai ajudar a conseguirmos colocar o nosso melhor e representar a cidade de Santa Maria. Esse ano é o União que está colocando a cara a tapa neste primeiro momento que vai voltar o futsal. Poucas equipes no estado vão conseguir colocar os seus times em quadra e o União está de parabéns por fazer esse esforço enorme para representar tanto a instituição e a cidade no estadual. É um momento diferente, mas também um momento especial que vamos honrar a camisa do União Independente no estado.

Série Ouro 2020

Único santa-mariense nesta edição da Série Ouro, o União Independente integra o Grupo B da competição da FGFS ao lado do BGF, da SER Itaqui, de Itaqui, do Guarani, de Frederico Westphalen, e da Assoeva, de Venâncio Aires, atual campeã e um dos representantes gaúchos na Liga Nacional de Futsal. Já o Grupo A conta com o Brasil Futsal, de Pelotas, a AES, de Sobradinho, o Passo Fundo Futsal, de Passo Fundo, a SER Canoense, de Canoas, e Rabelo, de Alvorada.

Nesta edição da Série Ouro as equipes se enfrentam na primeira fase dentro de suas respectivas chaves em turno único e em rodadas sediadas em municípios liberados para a prática esportiva. Após os vinte jogos da fase de grupos os dois primeiros colocados de cada chave avançam para a semifinal.

Após as partidas da primeira rodada (veja abaixo) a bola rola pela primeira fase do estadual nos dias 4, 11, 18 e 25 de outubro. Todas as partidas serão transmitiras ao vivo pela RDC TV, canais 24 e 524 da NET e plataformas digitais.

1ª RODADA (27 de Setembro)
Local: Bento Gonçalves

GRUPO A
Brasil Futsal x Passo Fundo
Sobradinho x SER Canoense
Folga: AMF

GRUPO B
BGF x União Independente
Assoeva x Itaqui
Folga: Sobradinho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

s2Member®

CÓPIA PROIBIDA

CONTEÚDO PROTEGIDO PELA LEI DE DIREITOS AUTORAIS

EsporteSUL - O esporte daqui é aqui www.esportesul.comFacebookInstagramTwitter