Fora de casa, Grêmio acaba superado pelo líder, Atlético-MG na 12ª rodada do Brasileirão,

Tricolor acabou sofrendo a derrota por 3 a 1 na noite deste sábado

(Foto: Lucas Uebel/Grêmio)

O Grêmio entrou em campo na noite deste sábado, no estádio Mineirão, para enfrentar o líder do Brasileirão, o Atlético-MG, pela 12ª rodada da competição. Com uma equipe alternativa, o Tricolor acabou superado pelo time mineiro pelo placar de 3 a 1.

O time escalado pelo técnico Renato Portaluppi teve algumas modificações, tendo em vista a preservação de alguns atletas que devem disputar a partida de terça-feira, diante do Universidad Católica, pela Libertadores. Em campo, Paulo Victor, Victor Ferraz, Paulo Miranda, David Braz, Diogo Barbosa, Lucas Silva, Matheus Henrique, Darlan, Robinho, Pepê e Isaque.

A partida começou movimentada, com os donos da casa saindo para o jogo. Já o Tricolor não conseguiu ser muito ofensivo e passou a se defender na maior parte da primeira etapa. Logo no minuto inicial, o Galo aproveitou uma boa oportunidade para chegar ao ataque - depois de um lançamento, Nathan ficou frente a frente com Paulo Victor e tentou desviar a gol, mas mandou fraco, facilitando a defesa do goleiro gremista. Logo em seguida, já com 5’, foi a vez de Keno receber na área, dominar e finalizar, mas a bola desviou na defesa e saiu pela linha de fundo.

Já o Grêmio buscou responder em um lance de contra-ataque. Isaque colocou a bola em profundidade para Pepê, mas Alonso conseguiu cortar a jogada e colocar o time mineiro novamente no ataque. Mas em seguida, aos 9’, Vitor Ferraz fez uma boa jogada pela direita, foi a linha de fundo e cruzou na cabeça de Isaque, que subiu para desviar, mas mandou por sobre a meta.

Aos 10’, a melhor chance de ataque adversária resultou no primeiro gol. Keno recebeu um passe na meia esquerda, tirou dois marcadores, invadiu a área e chutou forte. Paulo Victor defendeu, mas estava atrás da linha, o que confirmou o gol mineiro.

Passados 20 minutos, o Grêmio teve uma falta a seu favor da extrema direita. Robinho cruzou na área, Paulo Miranda desviou e a bola chegou a Pepê, que tentou a finalização de cabeça, mas por sobre o gol. Respondendo ao ataque gremista, o Galo também teve uma chance em bola parada, com uma falta frontal, próximo a meia-lua da grande área. Savarino cobrou, mas mandou em cima da barreira.

Já aos 35’, o Atlético chegou novamente com um cruzamento na área feito por Arana. A bola desviou em David Braz e chegou a Savarino, que dominou no peito e chutou com muito perigo em direção a meta - por sorte, mandou por cima. Dois minutos depois, o time mineiro levou perigo com uma bicicleta de Sasha, mas Paulo Victor defendeu.

Na reta final da etapa inicial, Darlan chegava para invadir a área quando foi derrubado com falta. Na cobrança, muito próximo a risca da grande área, Robinho bateu direto, colocado, buscando o ângulo direito da meta, mas Everson fez grande defesa. Outra chance saiu dos pés de Diogo Barbosa, que avançou com liberdade e chutou de perna direita, para mais uma defesa do goleiro adversário.

Os 45 minutos finais seguiram da mesma maneira. O Atlético buscou o ataque, trabalhando a bola até conseguir chegar ao seu segundo gol, aos 5 minutos de bola rolando. Keno recebeu na meia direita, tirou de Victor Ferraz, e chutou. A bola desviou na perna de David Braz e acabou no fundo do gol.

O Grêmio buscou correr atrás no marcador e descontou aos 8 minutos. Robinho cobrou um escanteio da esquerda na pequena área e Isaque chegou para completar e desviar para o gol, marcando o primeiro gremista na partida.

Mas o Galo não sentiu o gol e devolveu o perigo, quase conseguindo assinalar o terceiro. No lance, Sasha tentou desviar de voleio para boa defesa de Paulo Victor.

Aos 12’, foi a vez de Robinho arrematar com muito perigo a gol, mas o meia acabou mandando por cima da meta mineira. Em seguida, Diogo Barbosa desceu pela esquerda e colocou na área para Isaque, que finalizou de cabeça, mas Everson defendeu. Outra chance saiu dos pés de Gui Azevedo, que brigou pela bola na meia direita, invadiu a área e chutou. A bola bateu na marcação e saiu pela linha de fundo. Em seguida, aos 18’, Pepê fez uma grande jogada individual e cruzou rasteiro para Paulo Miranda, que se esticou, mas não alcançou a bola que se perdeu pela linha de fundo.

Mas aos 20’, em um lance de contra-ataque, Everson deu um passe na medida para Keno, lançando o atacante que se aproveitou, sozinho, invadiu a área e deslocou Paulo Victor, assinalando o terceiro gol.

Passados 30 minutos, Pepê acionou Gui Azevedo mais a direita, que recebeu em velocidade e mesmo bem marcado, conseguiu ir a linha de fundo e finalizar, mas a bola bateu na rede, pelo lado de fora.

Mesmo com as substituições providenciadas no elenco gremista, o Tricolor não conseguiu reverter o marcador.

Via Grêmio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

s2Member®

CÓPIA PROIBIDA

CONTEÚDO PROTEGIDO PELA LEI DE DIREITOS AUTORAIS

EsporteSUL - O esporte daqui é aqui www.esportesul.comFacebookInstagramTwitter