Em Bragança, Inter vence e retoma a vice-liderança do Brasileirão

Galhardo marcou os dois gols do Inter. Foto: Ricardo Duarte/Internacional

Galhardo marcou os dois gols do Inter. Foto: Ricardo Duarte/Internacional

O Inter reencontrou o caminho das vitórias. Em Bragança Paulista, Thiago Galhardo marcou os dois gols da vitória por 2 a 0 do Colorado sobre o Red Bull Bragantino. Iniciado às 21h desta quinta-feira (08/10), os três pontos conquistados no confronto, válido pela 14ª rodada do Brasileirão, alçam o Inter à vice-liderança nacional. O Alvirrubro volta a campo no próximo domingo (11/10), às 20h30, quando enfrenta o Athletico Paranaense, no Beira-Rio.

Exibição de gala

Que grande primeiro tempo fez o Internacional! Eduardo Coudet, sabedor da postura ofensiva que o Bragantino adota desde sua primeira linha de defensores, apostou em uma equipe mais rápida e movediça no campo ofensivo. A estratégia, que buscava lançamentos nas costas da zaga, envolveu, inclusive, o posicionamento de Boschilia como um meio-campista central, soltando Edenilson e Patrick pelos lados da trinca.

Após um início de jogo bastante franco, que contou, também, com escapes do rival, o Clube do Povo abriu o placar aos 17. Boschilia, dono do centro do gramado, abriu o jogo para Heitor. Da intermediária, o lateral percebeu espaço nas costas de Ortiz e Ligger e cruzou na medida para Galhardo se projetar e, soberano, desferir um testaço. O artilheiro do Brasileirão anotou mais um, então servido por Edenilson, que recebeu arrematou excelente contra-ataque puxado por Patrick. A vantagem de dois gols por detalhe não foi ampliada, uma vez que não foram poucas as tramas criadas pelo Alvirrubro, vencedor absoluto dos primeiros 45 minutos.

Controle na etapa final

Consciente da intensa maratona de jogos que vive, o Colorado reduziu o ritmo na etapa final. Como consequência, a equipe da casa cresceu na estatística da posse de bola, postura que não se desdobrou em real perigo ao triunfo gaúcho. Restrito a despretensiosos cruzamentos, o Bragantino não pôde com a segurança da defesa alvirrubra, reforçada pela entrada de Moledo. Quando com a bola, o Clube do Povo contou com o acréscimo de D’Alessandro, Marcos Guilherme e, por fim, Abel Hernández, trio que não deu descanso à retaguarda rival. Atingidos os 50 minutos, a vitória por 2 a 0, bem como os 25 pontos e a vice-liderança, estavam assegurados.

Primeiro tempo

0min –  Zé Gabriel lança Edenilson, que escora de casquinha para Pottker. Camisa 7 se projeta pela direita, invade a área e finaliza rasteiro. Goleiro do Massa Bruta encaixa e, na sequência, lance é parado por impedimento do ataque colorado.

2min – Claudinho recebe de Arthur, que puxa rápido contra-ataque. Camisa 10 cruza na segunda trave, mas Heitor antecipa e corta em escanteio. Jogo, novamente, parado: condição irregular na escapada paulista.

7min – Tubarão escapa pela direita, vai ao fundo e cruza rasteiro. Goleiro colorado deixa a meta e encaixa antes de Alerrandro conseguir o desvio.

8min – Heitor cruza da direita para Thiago Galhardo. Camisa 17 domina ajeitando para o voleio e manda bonito arremate. Desviada, sai em escanteio.

10min – Arthur cruza da esquerda. Na segunda trave, Tubarão cabeceia para baixo. Lomba vai no chão e faz nova defesa.

14min – Forte demais! Edenilson cobra falta rápida, invertendo com Uendel. Lateral deixa com Patrick, que tenta a devolução, mas a bola toma muita velocidade e sai pela linha de fundo.

17min – Gol de Galhardo! Boschilia, atuando como central, abre jogo com Heitor. O lateral dispara pela direita, ajeita com estilo e cruza entre os zagueiros do Bragantino. Por ali, invadindo a pequena aparece Thiagol, que manda um testaço, foguete, direto para as redes paulistas. Inter na frente!

24min – Mais um! Patrick disputa no pé de ferro e leva a melhor pela esquerda. Dele para Galhardo, que devolve no Pantera. Forte, o cruzamento do 88 chega em Edenilson, pela direita da grande área. O camisa 8 cruza açucarada, com rara qualidade, na cabeça de Galhardo, que aparece em cima da marca do pênalti e testa forte, para baixo, indefensável. Colorado abre dois de vantagem!

30min – Amarelo para Cuesta.

34min – Com dores, Alerrandro deixa o campo. Vem Ytalo.

35min – Pottker vai ao fundo pela direita, corta para dentro e cruza aberto. Patrick escora e Galhardo domina no peito. De costas para a meta, o camisa 17 chama na bike e assusta.

37min – Pottker serve Galhardo, que parte de frente para Julio César e, a passos da grande área, chuta rasteiro. Goleiro defende firme.

41min – Bem, Zé! Aderlan avança pela direita e cruza na marca do pênalti. Arthur e Cuesta não conseguem o desvio, mas camisa 35 afasta em escanteio.

45min – À direita!!! Contra-ataque colorado. Pottker deixa para Galhardo, que serve Edenilson. Do camisa 8 para Boschilia, que ajeita para a direita e chuta forte. Levou perigo!

Segundo tempo

6min – Aderlan fica com a sobra de corte parcial da defesa colorada e, na direita da grande área, solta a bomba. Goleiro encaixa.

10min – Lindoso oferece linda inversão para Heitor, que domina pela direita, avança até o fundo e cruza rasteiro. Pottker não consegue o domínio, mas Patrick, pela esquerda da grande área, sim. O Pantera logo emenda chute forte, que supera o travessão de Julio César.

14min –  Patrick recupera a posse pela esquerda e aciona Galhardo. Na quina da grande área, o camisa 17 percebe Pottker nas costas da marcação e oferece lindo passe. No último instante, lateral rival consegue o corte.

17min – Tripla troca no Bragantino. Uillian Correia, Thonny Anderson e Leandrinho nas vagas de Ryller, Claudinho e Artur.

20min – Muda, Coudet! Patrick e Thiago Galhardo saem. Entram Rodrigo Moledo e D’Alessandro.

22min – Edenilson recebe o amarelo por falta em Edimar.

25min – Edimar recebe o amarelo. Falta em Edenilson.

25min – Deixa o campo Boschilia. Entra Marcos Guilherme.

30min – POR DETALHE! D’Alessandro recebe na entrada da grande área e percebe Marcos Guilherme se projetando nas costas de Aderlan. O passe vai ali mas, forte demais, sai pela linha de fundo.

35min – Amarelo para Lindoso, falta em Raul.

37min – No Inter, entra Abel. Pottker deixa o campo.

38min – Uillian Correia levanta D’Alessandro e leva o amarelo.

39min – Entra Luis Phelipe, sai Bruno Tubarão.

40min – Expulso Thonny Anderson por agredir, com violenta tesoura, Edenilson.

45min – Vamos a 50. Mais cinco.

Ficha técnica:

Red Bull Bragantino (0): Julio César; Aderlan, Léo Ortiz, Ligger e Edimar; Ricardo Ryller, Artur (Leandrinho), Raul, Claudinho (Thonny Anderson) e Bruno Tubarão (Luis Phelipe); Alerrandro (Ytalo). Técnico: Maurício Barbieri.

Internacional (2): Marcelo Lomba; Heitor, Zé Gabriel, Victor Cuesta e Uendel; Rodrigo Lindoso, Edenilson, Boschilia (Marcos Guilherme) e Patrick (Moledo); Pottker (Abel Hernández) e Thiago Galhardo (D’Alessandro). Técnico: Eduardo Coudet.

Gols: Thiago Galhardo, aos 17 e 24 minutos do primeiro tempo (I).

Cartões amarelos: Ryller, Uillian Correia e Edimar (B). Cuesta, Rodrigo Lindoso e Edenilson (I).

Cartão vermelho: Thonny Anderson.

Arbitragem: Felipe Fernandes de Lima, auxiliado por Guilherme Dias Camilo e Felipe Alan Costa de Oliveira. VAR: Igor Junio Benevenuto de Oliveira. Quarteto de Minas Gerais.

Estádio: Nabi Abi Chedid.

* Via Assessoria Internacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

s2Member®

CÓPIA PROIBIDA

CONTEÚDO PROTEGIDO PELA LEI DE DIREITOS AUTORAIS

EsporteSUL - O esporte daqui é aqui www.esportesul.comFacebookInstagramTwitter