Atletas santa-marienses prontos para mais uma temporada no futsal italiano

Santa Maria contará com três atletas atuando na Itália na temporada 2020/2021

A história de três santa-marienses no futsal italiano continuará sendo escrita a partir deste sábado (17/10) após precisar ser interrompida nos primeiros dias de março pela guerra contra o Covid-19.

Pertencentes a duas gerações diferentes das reveladas nas quadras do centro do estado, o ala César Sachet, o fixo Jonatan Machado e o pivô Geovane Borges darão início quando entrarem em quadra neste final de semana a mais uma temporada no país considerado um dos centros e potências do futsal mundial.

Enquanto o experiente César, de 34 anos, vai para o seu décimo segundo ano consecutivo no futsal italiano e pelo terceiro com a camisa do Active Network Futsal, de Viterbo, cidade da faixa central da Itália, região de Lazio, Geovane e Jonatan, respectivamente de 22 e 23 anos, vão para a terceira temporada no calcio a 5, como é chamada a modalidade no país. No primeiro ano na Europa os dois até atuaram juntos no Pro Nissa Futsal, de Caltanissetta, mas desde a temporada passada tomaram caminhos distintos. O pivô Gê seguirá atuando pela squadra biancoazzurra do Gear Sport Campetto Sant'Antonio, da cidade Piazza Armerina, situada na região da Sicília, no sul da Itália, e o fixo Jonatan também renovou com o Real Terracina, de Terracina, clube da região da capital Roma, no centro do país.

César completou doze anos atuando na Itália. (Foto: Divulgação/Active Network Futsal)

O ala César e o pivô Gê irão disputar com suas equipes a Série A2, divisão intermediária entre o primeiro e segundo escalão do futsal da Itália. Contudo, conforme o regulamento e como moram em regiões distintas, um encontro dentro de quadra dos dois só pode ocorrer nos playoffs para definir a última vaga do acesso para a elite. As outras vagas ficam com os campeões dos quatro grupos.

O Active Network de César está no Grupo B e abre o certame contra o Mirafin. Já o estreante na Série A2 Gear Sport de Gê e também do treinador/atleta Cristiano Goulart, itaquiense com passagem pelo futsal de Santa Maria e que há treze anos atua na Europa, integra o Grupo D e encara o Città di Melilli na rodada deste sábado.

- A vontade de recomeçar é muito grande. Foi muito tempo sem competições, mas nós preparamos bem e sabemos que não será um ano normal por todas as dificuldades do Covid. Esperamos fazer um bom campeonato e chegar o mais longe possível. - diz o ala César Sachet.

- Estou bem motivado para o retorno dos jogos após a paralisação do campeonato na temporada passada. Será uma situação atípica, pois ainda convivemos com o vírus e os procedimentos sanitários serão mais exigentes. Além disso, teremos o grande desafio de jogarmos uma Série A2 do Campeonato Italiano, com um nível mais elevado de times e jogadores, mas espero que seja uma competição de muitos aprendizados e de muitas conquistas. - comenta o pivô Gê.

Pivô Gê terminou a temporada 2019/2020 entre os artilheiros de sua equipe. (Foto: Divulgação/Gear Sport)

Já o fixo Jonatan disputará a Série B com o Real Terracina. A equipe ocupa o Grupo F e abre a competição nacional também no sábado com o Ecocity Cisterna.

Na Série B os clubes participantes foram divididos em oito grupos e assim como a Série A2 após jogos em dois turnos na primeira fase o campeão de cada chave garante o acesso, enquanto os times que acabarem entre a segunda e quinta colocação avançam para o playoff.

- A temporada passada acabou da maneira mais inesperada possível. Todo mundo foi afetado de uma forma ou de outra por toda situação e no esporte não foi diferente. Ficamos sentidos pelo que passou, já que as expectativas eram grandes pela temporada passada, mas agora que voltou a vontade de competir está lá em cima. A vontade de representar, de voltar a trabalhar. Não só pela vontade, mas também pela necessidade de voltar a trabalhar, já que vivemos disto, vivemos do esporte. Vai ser um ano novo que começa, novas perspectivas e vamos batalhar mais um ano para conquistar nosso espaço. Agora é superar toda esta questão da pandemia e todas as consequências que teve. Que seja uma boa temporada para o Real Terracina. - declara o fixo Jonatan.

No calendário dos três santa-marienses para 2020/2021 também está a Copa Itália, competição disputada em formato de mata-mata dentro de cada divisão. Já a Copa Divisione, que envolve times de todas as séries, acabou cancelada na atual temporada como medida de prevenção do coronarívus.

Assim como ocorre em boa parte das modalidades e federações que retomaram as competições, os atletas e integrantes da comissão técnica de cada clube no futsal italiano passam por testagem do Covid-19 no início de cada rodada. Em caso de resultado positivo o jogador será afastado para um período de isolamento e a partida da rodada envolvendo sua equipe será suspensa.

A grande novidade das competições é que as arenas e ginásios poderão receber até 15% de sua capacidade total de torcedores.

Jonatan também é um dos destaques da sua equipe. (Foto: Divulgação/Real Terracina)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

s2Member®

CÓPIA PROIBIDA

CONTEÚDO PROTEGIDO PELA LEI DE DIREITOS AUTORAIS

EsporteSUL - O esporte daqui é aqui www.esportesul.comFacebookInstagramTwitter