Técnicos e atletas do Corintians/Asiba projetam disputa da Copa RS

EsporteSUL conversou com os treinadores Ricardo Leal “Catila e Leandro Leal e com os atletas Sérgio Montipó, Samuel Felker, Gabriel Pinheiro, Fred Guerra e Vinicius Züge sobre a etapa de abertura e pretensões corintianas na disputa estadual

(Fotos: Bruno Tech/EsporteSUL)

A semana foi de ajustes finais para o Corintians/Asiba, que a partir deste sábado e domingo (28 e 29/11) abre a disputa da Copa Rio Grande do Sul de Basquete, única competição de base chancelada pela Federação Gaúcha de Basketball (FGB) do calendário 2020.

Nos últimos dias foram exatas quatro sessões de treinos para a categoria sub-16 e outras quatro para sub-18 na casa corintiana, o Ginásio Saul José Machline, com treinos técnicos e táticos e com os grupos voltados em um só foco: o título da Copa RS.

LEIA MAIS: Corintians/Asiba encara primeiro turno da Copa Rio Grande do Sul

Se a preparação não foi a ideal, com apenas uma mini-pré-temporada já que os treinos no ginásio voltaram apenas no dia 9 de novembro, o prejuízo se reduz pelos trabalhos em quadra aberta realizados momentos antes do regresso oficial e pelas atividades físicas remotas mantidas durante o período mais crítico da pandemia. Soma-se a esses cuidados tomados pela comissão técnica o longo e forte entrosamento dos dois grupos, com um plantel e espinha dorsal que jogam juntos há diversas temporadas e diferentes categorias. Enquanto o time sub-16 tem como base as equipes sub-14 vice-campeã e sub-15 quarta colocado no Estadual em 2019, a grande maioria do atual time sub-18 estava na campanha do vice na temporada passada.

E sobre tudo isso o EsporteSUL conversou com sete personagens alviverdes que defenderão a tradição de Santa Maria na Copa RS: os técnicos Leandro Leal, do sub-16, e Ricardo Leal "Catila, do sub-18, e os atletas Sérgio Montipó e Samuel Felker, nomes do atual grupo sub-18 há mais tempo do clube, e Gabriel Pinheiro, Fred Guerra e Vinicius Züge, do sub-16

Todos eles falaram sobre a preparação corintiana e pretensões do clube na competição que se inicia neste sábado e domingo (28 e 29/11), em Santa Maria para o sub-18 e em Santa Cruz do Sul para o sub-16.

Confira abaixo o que disseram os treinadores e atletas do Corintians/Asiba:

Ricardo Leal "Catila"
"A expectativa é a melhor possível. Fazer essa gurizada jogar depois de oito meses parados é muito bacana. Primeiro, indiferente do resultado, só fazerem eles ocuparem a mente com o esporte é fantástico neste momento tão difícil que estamos vivendo. Mas apesar da preparação curta, de duas semanas, a Copa RS esta aí e nos tanto na sub-16 como na sub-18 iremos com força total para conquistar o título. É um campeonato curto, de duas fases e sem finais, e vamos com força total para que consigamos êxito. A gurizada está treinando forte, duro. Queremos primeiro que a gurizada saia desse contexto que estamos vivendo, tenham a possibilidade de jogar e fizemos de tudo para isso,. Em um segundo momento sim buscar o título."

Leandro Leal
"Um ano difícil para todo mundo, não apenas para nós do esporte mas em geral. Vínhamos de um 2019 com muitas conquistas, as equipes embaladas e tivemos um inicio de ano maravilhoso, víamos que coisas boas iriam vir. Mas teve essa pausa e retornamos. Agora fazem três semanas que estamos treinando, uma semana no individual e duas já com coletivo, e vemos nitidamente que a parte física deles vai pecar, vai faltar em algumas horas, mas temos que nos superar de outra maneira. A entrega deles vai ter que que ser muito grande. Creio eu que as outras equipes também estão da mesma forma, então quem mais se entregar e tiver mais vontade ali na hora vai fazer bastante diferença no final do jogo. As equipes estão preparadas, os treinos foram bons e o clima está bom entre eles. Vamos com tudo para buscar esta taça. Não se cobrando tanto como foi ano passado, mas nosso objetivo é sempre querer ganhar. Eles estão bem empolgadas por jogar, por voltarem, praticarem um esporte e estarem nas quadras novamente. Isto é nítido de ver, estão se sentindo muito bem por estarem jogando novamente."

Sérgio Montipo #11
"Com certeza não é da forma que queríamos jogar. Com um ano todo, com a mesma quantidade de jogos, mas cada torneio que participamos a gente entre com garra, sangue e tentamos ganhar e correr atrás dos objetivos. Não tivemos uma melhor preparação por conta da pandemia, mas isso não vai mudar nossa vontade de ganhar e nosso potencial que temos. Claro que algumas coisas não tem como ser como antes, como o preparo físico, mas a nossa vontade está maior que antes. Queremos jogar basquete e sermos campeões. Nosso elenco está bem forte, com bastante gente para rodar e vai ser um grande diferencial. Nosso físico não está como queríamos, mas temos bastante gente de qualidade. Se Deus quiser vamos conseguir deixar esse título em casa."

Samuel Felker #24
"Esperamos dois grandes jogos para esta primeira tapa da Copa RS. Viemos treinando forte nessas ultimas semanas para enfrentar esses dois adversários muito qualificados. A vontade de competir acumulada durante este ano atípico vai ser fundamental para suprirmos a falta de ritmo de jogo. Temos a base da equipe vice-campeã ano passado e com alguns reforços fortaleceu o grupo para irmos em busca desse título estadual. Dalhe Corintians."

Fred Guerra #7
"O 2020 vem sendo ruim para todos nós. Tínhamos expectativas de que seria um grande ano, com vários campeonatos, mas acabou que o coronavírus nos impediu de realizá-los. Mas com tudo isso ainda vamos conseguir disputar a Copa RS e tenho certeza que temos grandes chances de ganhar. Apesar do curto tempo de treino toda a equipe, os técnicos e atletas estão se dedicando muito, treinando forte, focados e unidos por um único objetivo que é ganhar."

Vinicius Züge #14
"Mesmo sendo um ano muito diferente nós queremos ganhar como sempre e temos a chance de fechar com o primeiro lugar. Mesmo não tendo treinando muito tempo, está todo mundo se esforçando para brigar pelo primeiro lugar. É onde queremos chegar."

Gabriel Pinheiro #4
"O Corintians/Asiba está vindo com muita vontade, nas duas categorias. Esse tempo que ficamos longe das quadras nunca perdemos o foco, nem nós e nem os técnicos, que fizeram o melhor possível nas condições que tínhamos. Agora nos jogos estão todos bem e com e muita vontade de estar em quadra. Estamos treinando intensamente, o que nós faz acreditar que esse campeonato é nosso. Nosso diferencial é justamente o entrosamento que a gente tem há muito tempo e a vontade que todos nós estamos de jogar juntos, de trazer esse título pra casa."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

s2Member®

CÓPIA PROIBIDA

CONTEÚDO PROTEGIDO PELA LEI DE DIREITOS AUTORAIS

EsporteSUL - O esporte daqui é aqui www.esportesul.comFacebookInstagramTwitter