Riograndense celebra experiência no Campeonato Gaúcho de Futebol 7 de categorias de base

Clube esmeraldino entrou em ação com os times sub-9, sub-11, sub-13, sub-15 e sub-17 em Porto Alegre

(Foto: Alesson Oliveira/Belucce Audiovisual Lab)

Reativadas oficialmente no início da temporada 2020, pouco antes da pandemia paralisar o mundo e o país, as escolinhas e categorias de base do Riograndense tiveram um mês de novembro marcante e importante no processo de reestruturação do clube e experiência para as jovens equipes esmeraldinas.

Após disputar pela primeira vez na história a Nova Liga Gaúcha de Futebol Infantil (Noligafi), um dos campeonatos mais importantes e tradicionais do estado no futebol de base de campo, as "canteras" do Periquito encararam entre a última sexta-feira e o domingo (27 a 29/11), em Porto Alegre, a edição de estreia do Campeonato Gaúcho de Futebol 7 de categorias de base, promovido pela Federação Gaúcha de Futebol 7 (FGF7), e que acabou sendo considerado a maior competição de base da modalidade já realizada no estado com a participação de mais de cem equipes.

Todas as categorias em atividade no Estádio dos Eucaliptos entraram em ação nas quadras da Gold Sports. Entre os elencos sub-9, sub-11, sub-13, sub-15 e sub-17 estavam mais de 60 atletas na delegação santa-mariense, muitos deles experimentando pela primeira vez o sabor de um torneio oficial longe de casa.

Os caçulas do sub-9 acabaram desclassificados na primeira fase. A sub-11 foi quem chegou mais longe no torneio, parando nas oitavas de final após encerar a fase de grupos com 100% de aproveitamento. Já os times sub-13, sub-15 e sub-17 do Periquito também deram adeus na fase de grupos.

Se os resultados ainda refletem o início de caminhada do Riograndense, já que com a parada da pandemia do coronavírus são apenas cinco meses de atividade nas categorias de base do clube da zona norte, o trabalho de formação de atletas já começa a gerar pequenos frutos.

Dois atletas da equipe sub-9 foram observados por olheiros do Grêmio no Campeonato Gaúcho e foram selecionados para passar um período de testes no Centro de Treinamentos Parque Cristal (CT Cristal), são eles: o goleiro Rafael Machado e o zagueiro Joaquim Moreira.

- Fomos para a questão de experiência mesmo, por ser um convite da FGF7 e por ser a primeira edição do campeonato. E foi muito bom. Foi bem desafiadora, pela questão da pandemia, e pela competição, já que tinha muitas equipes. Mas deu tudo certo. Para nós da comissão conseguimos avaliar o nosso trabalho, o que está sendo bem feito e devemos manter e onde temos que nos esforçar um pouco mais e podemos melhorar para 2021. Para a gurizada foi uma experiência muito boa. A maioria por ser escolinha nunca tinha saído de casa para jogar uma competição longe dos pais. Só pela questão de fazer um passeio diferente, vivendo o esporte, questões de disciplina, organização, competição e adversários foi muito positivo. A gurizada adorou, foi uma baita diversão. Tanto para comissão e para gurizada foi muito bom. - destaca o técnico Miguel Murari.

O Campeonato Gaúcho de Futebol 7 foi a última competição da temporada 2020 prevista pelo Riograndense, que seguirá em atividade até o dia 18 de dezembro. Já o planejamento para 2021 das categorias de base esmeraldina, que tem como coordenador Divanir Pereira Fortes, o Paulista, já começou.

A intenção para o próximo ano é retomar os treinos e iniciar a pré-temporada já no dia 4 de janeiro, por conta de alguns convites recebidos para o clube participar das tradicionais competição de verão, e criar também uma equipe feminina. Além é claro de seguir disputando campeonato estaduais no futebol sete e futebol de campo.

- O foco em 2021 é dar andamento em todas atividades. Vamos manter a sub-7 e sub-9 treinando na quadra, no sintético, fazendo esta iniciação no futebol, e também temos como objetivos montar uma equipe feminina entre sub-9 e sub-11 de futebol sete. E no campo vamos dar seguimento com as equipes sub-11, sub-13, sub-15 e sub-17. - acrescenta o comandante esmeraldino Miguel Murari.

Junto com o técnico Murari integram a comissão técnica do Riograndense o auxiliar técnico Anderson Leal, o preparador físico Bruno Severo e o atendente João Victor Borges.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

s2Member®

CÓPIA PROIBIDA

CONTEÚDO PROTEGIDO PELA LEI DE DIREITOS AUTORAIS

EsporteSUL - O esporte daqui é aqui www.esportesul.comFacebookInstagramTwitter