Grêmio é superado pelo Santos e deixa a Libertadores nas quartas de final

Tricolor acabou superado pelo placar de 4 a 1 pelo Peixe, na noite desta quarta-feira, na Vila Belmiro

(Foto: Lucas Uebel/Grêmio)

O Grêmio enfrentou o Santos, na noite desta quarta-feira, pelo jogo de volta das quartas de final da Conmebol Libertadores. Após o empate em 1 a 1 na partida de ida, na Arena, o Tricolor, desta vez, acabou superado pelo Peixe por 4 a 1, resultado que acabou ocasionando a desclassificação gremista na competição.

Que seria um jogo difícil, tenso e nervoso, todos imaginavam. O Santos pressionou logo nos segundos iniciais e conseguiu ser efetivo, abrindo o placar com Kaio Jorge, aos 12 segundos da etapa inicial. O segundo gol saiu após uma jogada de contra-ataque, em que Marinho recebeu um cruzamento e marcou.

A etapa complementar também boa para os gremistas. Aos 8’, após uma cobrança de escanteio, Kaio Jorge ampliou a contagem, marcando o terceiro. O Tricolor conseguiu descontar aos 35’, com Thaciano. Mas três minutos depois, Laércio marcou o quarto gol santista, fechando o placar.

Com o resultado, o Grêmio deixa a competição nas quartas de final.

Primeiro Tempo

O jogo não começou favorável para os gremistas, que antes do primeiro minuto sofreram o gol, após um erro no campo de defesa tricolor. Jean Pyerre recuou a bola para David Braz, mas Kaio Jorge foi mais rápido e ficou com a bola, saindo em velocidade e chutando cruzado. Placar aberto na Vila Belmiro, com 12 segundos de partida. Logo em seguida, foi a vez de Marinho chegar pela direita e finalizar, mas Vanderlei fez a defesa.

Mas o Grêmio não desanimou e partiu para o ataque. Aos 5 minutos, após um cruzamento da direita, Jean Pyerre recebeu e concluiu a gol, mas a bola explodiu na trave e saiu pela linha de fundo. Outra chance saiu dois minutos depois, com Pepê e Diego Souza trabalhando pelo meio, mas a bola ficou com a defesa adversária.

Aos 13’, os gremistas tiveram uma boa falta a seu favor, pela esquerda. Jean Pyerre cobrou, mas carimbou a barreira, que acabou afastando.

Em uma jogada de contra-ataque, aos 15’, os donos da casa desceram pela esquerda com Lucas Braga, que fez um cruzamento preciso para Marinho chegar e de primeira, encher o pé, assinalando o segundo gol santista.

Passados 20 minutos, o Tricolor ameaçou com uma boa trama. Diogo Barbosa avançou até a linha de fundo e fez um cruzamento na área, mas a defesa cortou. Na sobra, Pepê recupera e aciona Vitor Ferraz - que substituiu Orejuela - mas ao chutar, o lateral acabou travado.

Seis minutos depois, o Santos teve uma oportunidade e quase assinalou o terceiro. Após uma cobrança de lateral, Kaio Jorge desviou em direção a meta e Jobson tentou a finalização de primeira, mas por sorte, mandou por cima.

O Grêmio tentou e quase descontou aos 30 minutos. Na oportunidade, Matheus Henrique fez uma tabela com Pepê e, da entrada da área, chutou forte. O goleiro tentou a defesa e desviou - ao final, a bola explodiu no travessão.

Dois minutos depois, foi a vez de Pepê acionar Matheus Henrique, que chutou – a bola desviou na marcação e saiu a escanteio.

Aos 38’, o Tricolor tentou com Victor Ferraz, que fez um cruzamento direto na área, mas John defendeu.

Segundo Tempo

O Grêmio voltou para a etapa complementar com uma alteração. Saiu Luiz Fernando, entrou Pinares.

As primeiras iniciativas novamente foram dos adversários. Logo no minuto inicial, o Santos teve uma falta da intermediária, pela meia direita. Marinho cobrou, mas carimbou a barreira. Já os gremistas responderam de imediato. No lance, Diego Souza recebe na entrada da área, tentando a finalização, mas foi desarmado com um carrinho de Veríssimo.

Aos 8’, o Santos chegou com Sandry, que recebeu um passe na entrada da área e finalizou, obrigando grande defesa de Vanderlei, que mandou a escanteio. Na cobrança, Marinho colocou no primeiro poste e Kaio Jorge mandou para o fundo das redes, assinalando o terceiro gol paulista da partida.

Com 14’, o Tricolor tentou com Pepê, que foi a linha de fundo e dividiu com Marinho, que conseguiu levar a melhor sobre o atacante. Três minutos depois, foi a vez de Diogo Barbosa encontrar Diego Souza na área. Ele tentou a finalização, mas a bola escapou e ficou com o arqueiro do time paulista.

Passados 25’, os gremistas chegaram com Geromel, que pegou a sobra e finalizou, mas a bola foi longe da meta do Santos, sem perigo. Três minutos depois, outra chance surgiu em cobrança de falta, em que David Braz chutou forte em direção ao ângulo, mas John fez uma grande defesa.

Aos 32’, o Grêmio chegou com Diego Souza, que desviou de cabeça um cruzamento. A bola quicou no gramado e subiu demais.

Três minutos depois, aos 35’, o Grêmio descontou com Thaciano. Ferreira cruzou da direita e o meia chegou para cabecear e mandar para o fundo das redes.

Três minutos depois, Laércio assinalou o quarto gol do Peixe, ao desviar um cruzamento de cabeça. Na reta final, aos 43’, o Tricolor ainda tentou com Ferreira, que depois de uma boa jogada pela direita, cruzou no segundo poste, mas a defesa cortou.

Via Grêmio

s2Member®

CÓPIA PROIBIDA

CONTEÚDO PROTEGIDO PELA LEI DE DIREITOS AUTORAIS

EsporteSUL - O esporte daqui é aqui www.esportesul.comFacebookInstagramTwitter