“Fica o sentimento pesado no coração, na consciência, daquilo que poderíamos ter feito mais”, lamenta João Felipe, volante do Inter-SM

Um dos atletas mais regulares e destaques do time alvirrubro em 2020, João Felipe foi o último jogador a deixar a Baixada

(Foto: Bruno Tech/EsporteSUL)

Último atleta a deixar o Estádio Presidente Vargas após o ponto final na participação do Inter-SM na Copa FGF, o volante João Felipe foi de longe o desfalque mais sentido pelo time e pela torcida no segundo e fatídico jogo da semifinal contra o Santa Cruz, não só pelo seu poder de marcação e liderança, mas pela sua importante participação na construção das jogadas de ataque do time alvirrubro, onde muitas vezes busca também a infiltração na área sendo o elemento surpresa.

Impedido de atuar por conta de uma lesão muscular no músculo posterior da coxa direita, sofrida ainda nos primeiros minutos da partida de ida contra o Galo e que o fez atuar até o apito final no sacrifício, o jogador falou em entrevista ao EsporteSUL na manhã desta sexta-feira (18/12) sobre a eliminação na Copinha e sobre as partidas da semifinal.

João Felipe também fez uma autoavaliação desta sua segunda passagem pelo Inter-SM, onde apesar da temporada atípica por conta da pandemia acabou como um dos destaques e atletas mais regulares do elenco, falou do crescimento do clube desde a primeira vez que vestiu o alvirrubro em 2018 e sobre o seu futuro, na qual confirmou que deseja seguir no clube santa-mariense em 2021 mesmo diante das incertezas do calendário.

Ouça abaixo a entrevista com o volante João Felipe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

s2Member®

CÓPIA PROIBIDA

CONTEÚDO PROTEGIDO PELA LEI DE DIREITOS AUTORAIS

EsporteSUL - O esporte daqui é aqui www.esportesul.comFacebookInstagramTwitter